Olhar Conceito

Sexta-feira, 22 de setembro de 2017

Notícias / Saúde e Beleza

Nova técnica de combate ao câncer realiza quimioterapia com implante cerebral em Cuiabá

Da Redação - Isabela Mercuri

08 Set 2017 - 15:07

Foto: Divulgação

Nova técnica de combate ao câncer realiza quimioterapia com implante cerebral em Cuiabá
Uma nova técnica de combate ao câncer no Sistema Nervoso Central, o chamado ‘reservatório de Ommaya’, foi realizada pela primeira vez em Cuiabá no Hospital Amecor. Ela se baseia na colocada de um dispositivo sob o couro cabeludo, e, por meio de um cateter, este dispositivo, chamado ‘Ommaya’, tem acesso ao ventrículo lateral do cérebro e consegue aplicar a quimioterapia intratecal.

Leia também:
Hospital realiza cirurgias ginecológicas minimamente invasivas através de vídeo

O procedimento foi feito pela equipe do neurocirurgião Dr. Roger Rotta, com o neurocirurgião assistente Dr. Átila Monteiro Borges. Segundo o médico, o procedimento é benéfico porque, ao contrário de outras formas de quimioterapia, nesta não é necessário fazer as punções lombares diárias, ou seja, a coleta do líquido cefalorraquidiano (líquor) na medula espinhal.

"Esse procedimento é feito em vários países. Entre essas equipes está a minha que abriu essa nova opção de tratamento para pacientes com câncer no sistema nervoso central sem precisar passar por punções lombares diárias, que são dolorosas e aumentam o risco de infecção em pacientes imunossuprimidos, para injetar a quimioterapia. Com o reservatório que é implantado na cabeça, a medicação é inserida através dele e chega ao sistema nervoso central de forma ágil e eficiente garantido uma maior concentração e eficácia do quimioterápico, visando uma melhor qualidade de vida para o paciente que precisa passar pelo tratamento. É um procedimento muito utilizado em crianças", comenta o neurocirurgião Roger.

Ele explica, ainda, que normalmente os quimioterápicos têm dificuldade de ultrapassar a barreira hematoencefalica, a estrutura de permeabilidade  que protege o Sistema Nervoso Central (SNC) de substâncias potencialmente neurotóxicas presentes no sangue, o que não acontece com o reservatório de Ommaya. Por este motivo, este tipo de quimioterapia consegue ser mais eficaz que a feita pelo sangue. 

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Conceito. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Conceito poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

Sitevip Internet