Olhar Conceito

Quarta-feira, 23 de agosto de 2017

Notícias / Saúde e Beleza

'Setembro amarelo' estimula prevenção do suicídio por meio da conversa sobre o tema

Da Redação - Isabela Mercuri

18 Ago 2015 - 09:20

Foto: Reprodução

'Setembro amarelo' estimula prevenção do suicídio por meio da conversa sobre o tema
No mês de setembro, a partir de 2015, haverá um movimento de conscientização da população sobre a realidade do suicídio. Assim como já existe o ‘outubro rosa’, lembrado pela prevenção do câncer de mama, e o ‘novembro azul’, feito para conscientizar sobre as doenças masculinas, o ‘Setembro Amarelo’ foi criado para mostrar a realidade sobre o suicídio: para mais de 90% dos casos existe prevenção.

Leia mais:
Isolamento e solidão são causas de suicídio, mas buscar ajuda é importante para evitá-lo
Passeata pela vida alerta sobre os altos índices de suicídio no Dia Mundial de Prevenção ao problema

Segundo a Assessoria do Centro de Valorização da Vida (CVV), a cada suicídio, de seis a dez outras pessoas são diretamente impactadas. O suicídio é considerado um problema de saúde pública, e um brasileiro morre deste mal a cada 45 minutos. No mundo, o número cresce para um a cada 45 segundos. Pelo menos o triplo disso já tentou tirar a própria vida e outros chegaram a pensar em fazê-lo.

O assunto ainda é tratado como tabu, apesar dos números. Segundo Carlos Correia, voluntário do CVV, entidade que atua gratuitamente na prevenção do suicídio há 53 anos, as pessoas que tentam suicídio pedem ajuda, mas, normalmente, não são compreendidas: “Deixar de falar sobre o assunto só colabora para esse distanciamento social”, comenta. “O assunto suicídio deveria fazer parte, de forma muito natural, da roda de amigos, nas escolas, casas religiosas e dentro das casas”.

O movimento Setembro Amarelo é estimulado mundialmente pela Associação Internacional pela Prevenção do Suicídio (IASP) e consiste em iluminar ou sinalizar locais públicos com faixas ou símbolos amarelos.

No Brasil, uma das instituições que está promovendo a causa neste ano é o CVV. Suas 70 sedes em todo o país vão colocar uma faixa amarela na fachada, e seus voluntários buscam o apoio de municípios, estados e da federação para iluminar ou identificar monumentos e prédios públicos durante todo o mês de setembro.

Como ajudar

Para colaborar, qualquer pessoa pode iluminar ou identificar a fachada de uma casa ou prédio, promover passeio de motos com balões, fitas ou panos amarelos, caminhadas com camisetas amarelas ou outras ações que impactem a população.
Todos que mandarem fotos de suas iniciativas para a fanpage do CVV (https://www.facebook.com/cvv141) poderão ver o material compartilhado no Facebook. Algumas dessas fotos serão enviadas ao IASP, que vai reunir as principais ações ao redor do mundo.

Sobre o CVV

O CVV - Centro de Valorização da Vida, fundado em São Paulo em 1962, é uma associação civil sem fins lucrativos, filantrópica, reconhecida como de Utilidade Pública Federal em 1973. Presta serviço voluntário e gratuito de apoio emocional para todas as pessoas que querem e precisam conversar, sob total sigilo.

Em Cuiabá, o CVV atende 24h pelos telefones 141 (Cuiabá e Várzea Grande) ou (65) 3321-4111 (interior). Eles fazem também atendimento pessoal na Rua Comandante Costa, 296, das 8h às 18h.

93 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Conceito. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Conceito poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Moisés
    09 Set 2016 às 13:06

    Pessoal venho atraves deste comentário desabafar,sofri muito com uma perca amorosa ha uns anos atras e por isso passei a viver triste,deprimido,sem vontade de viver,e pensei ate em acabar com a minha vida pois sem a pessoa que eu queria estar a vida na terra não tinha sentido,porém,juro ha todos encontrei um lugar que tudo isso saiu de dentro de mim,uma paz,alegria,força imensa que não sei como explicar entrou em minha alma e hoje sou EXTREMAMENTE FELIZ,passei a frequantar a Igreja Universal faz 13 anos e minha vida mudou,e caso queria saber mais detalhes e ajuda vou deixar meu email moises.iurd@hotmail.com,

  • Bruna
    07 Set 2016 às 00:55

    Depressão não deveria sem desvalorizada como eventualmente é. Se alguém precisar ser ouvido,conversar, ou só desabafar, eu realmente adoraria ser o amigo que precisa, entre em contato por: bruna.roterda@hotmail.com Verificarei minha caixa de e-mail todos os dia por um bom tempo, me deixe ser seu diário amarelo

  • Anônima
    20 Ago 2016 às 15:53

    Eu, todos os dias tento entender o porquê das pessoas viverem, eu não sei sentir como as pessoas sentem, não tenho um propósito ou um grande sonho, foram tantas vezes internada por tentativa de suicídio, mas uma coisa eu aprendi, quem muito fala não faz, eu sou ótima aluna, sou muito educada e querida por todos a minha volta, tenho um trabalho maravilhoso, mas ainda sim, não consigo sentir isso, essa luta pela vida, talvez esse seja meu último pronunciamento sobre o assunto antes do dia fatídico. Só queria deixar claro que em casos como o meu, são só pessoas vivendo uma vida vazia, quando já estão mortos por dentro, e eu posso afirmar é bater no peito que eu tentei, eu juro que tentei, mas do que adianta viver uma vida falsa? Não entendo o mundo, e não quero que me entendam também, eu só acho que em casos como o meu, não vale a pena viver.

  • Kleiton
    23 Nov 2015 às 18:30

    38 91980630, Deus é vida !! Quem quiser conversar e tentar se tratar, meu wathsapp está aí em cima. Moro em Belo Horizonte- Minas Gerais

  • Sandra Ducatti
    01 Out 2015 às 16:40

    Perdi um filho a cerca de 1 ano e 8 meses atraves do SUICIDIO e nao tenho como descrever a dor, tdesde então tenho estudado muito sobre o assunto e quero me colocar a disposição p/ ser erguida essa Bandeira de Conscientização do mal que afligi as pessoas que tentam ou tiram a sua Própria Vida vejo que se trata de todos se unirem em um só propósito e Levantar essa bandeira e irmos as ruas, como foi quando foi feito campanhas contra o Tabagismo, foi divulgado em midias num todo, cancer de mama, cancer de prostata enfim precisamos levar esse assunto a PUBLICO p/ despertar familias, maes, pais, irmaos, amigos e todos que tem vinculos com pessoas que sofrem desse mal...e falar sobre os sintomas e a forma de tratamento..

  • Ricardo
    24 Set 2015 às 20:27

    Sou estudante universitário, tenho 38 anos e venho buscando concluir a minha formação acadêmica com muita dificuldade. Meus pais ainda me ajudam financeiramente como forma de manter os meus estudos. Além dos custos altos para a formação e toda a dedicação e sacrifícios que isto acarreta, nada é mais difícil do que viver em solidão e isolamento. Isolamento este, provocado por relações turbulentas em outros momentos de minha vida cujo os reflexos se fazem sentir nos dias atuais. Há poucos anos, vivi um relacionamento significativo com uma namorada que, por questões bobas de ciúmes, provocado por ela, gerou-se uma discussão extremamente tensa que acabei saindo agredido desta história. Sobretudo, por uma pessoa que possui domínio de artes marciais. Por este conjunto de fatores, não há um dia em que não me depare refletindo sobre minha condição de vida e, tento lutar para não me deixar envolver por pensamentos derrotistas e de inferioridade. Venho pensando em me matar, entretanto, nunca cheguei a agir a respeito. Busco procurar ajuda e pretendo compartilhar o que estou passando com outras pessoas que estejam nesta condição. Quero ajudar e me sentir útil a alguém.

  • Kamilla
    21 Set 2015 às 13:58

    Boa tarde, A proposta é excelente, temos que dá mais importância a essa doença. Depressão é a doença da vez, e infelizmente temos muitas pessoas que não a conhece e julgam quem sofre com ela. Estarei participando de uma reunião com tema saúde e segurança... Vocês possuem algum vídeo com depoimento ou abordagem desse assunto?

  • Larissa
    13 Set 2015 às 22:09

    Passo por problemas familiares em casa, minha mãe é depressiva (já passou por muitas coisas nessa vida e até entendo o seu sofrimento) Mas digo uma coisa pra vcs todos e para a minha mãe também... é que DEUS é a base de tudo e só ele pode preencher todo vazio, busque a ele que vcs terão solução, pois ele é o medico dos médicos e nos ama de maneira incondicional. Então peça a Deus força pois tudo nessa vida tem um propósito e sua vitória é garantida no senhor.

  • franco pimentel
    12 Set 2015 às 14:46

    Que tal se criassemos o " outubro vermelho", como um movimento em favor da igualdade, da featernidade, contra o ódio, a intolerância, a falta de esperança???

  • Mari
    10 Set 2015 às 12:01

    Sou uma porcaria inútil... Não sei oque faço nesse mundo. Não mereço a vida, porque ela é boa, foi Deus quem fez...

Redes Sociais

Sitevip Internet