Olhar Direto

Terça-feira, 23 de janeiro de 2018

Notícias / Política MT

Corpo do cunhado de Gilmar Fabris vai para Curitiba; vítima foi agredida e polícia investiga latrocínio

Da Redação - Ronaldo Pacheco e Wesley Santiago

02 Jan 2018 - 11:42

Foto: Reprodução

Corpo do cunhado de Gilmar Fabris vai para Curitiba; vítima foi agredida e polícia investiga latrocínio
O corpo de Carlos Volcov, 33 anos, assassinado a tiros em Florianópolis (SC), será velado e enterrado em Curitiba (PR), a pedido da mãe. Ele é irmão de Anglisey Battini Volcov e cunhado do deputado estadual Gilmar Fabris (PSD), vice-presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso.
 
Inicialmente, o corpo seria trasladado para Cuiabá, mas a família pediu que fosse para Curitiba (PR). “A mãe pediu para fazer tudo lá. Normal, porque eles são de lá [Curitiba]”, observou o parlamentar, para a reportagem do Olhar Direto.

Leia mais:
- Cunhado de Gilmar Fabris, servidor da ALMT é assassinado a tiros em Florianópolis
 
As causas do assassinato ainda não foram elucidadas e a família acompanha passo a passo. “A Polícia Civil de Santa Catarina está investigando o caso. Ele estava no Morro da Caixa, uma região considerada muito perigosa em Florianópolis. Então, em princípio, a Polícia investiga como latrocínio”, ponderou Fabris, que acompanha o caso para a família.
 
“Ele foi no local de carro próprio. E, como tinha um carrinho, pode ser que quiseram roubá-lo”, proclamou Fabris.
 
A outra hipótese seria acerto de contas por conta de drogas. “Ele sumiu alguns dias e, depois, o corpo apareceu no Instituto Médico Legal [IML] de Florianópolis. A última vez em que foi visto teria sido no Morro da Caixa. Portanto, vamos aguardar as investigações policias e não vamos tirar conclusões precipitadas”, sintetizou o deputado mato-grossense.
 
Há anos Gilmar Fabris possui uma casa na praia de Jurerê Internacional, considerado o metro quadrado mais valioso de Santa Catarina e um dos destinos mais cobiçados do Brasil.

O crime

Segundo as informações de sites locais, o assassinato de Carlos teria ocorrido por volta das 23h30 de quinta-feira (28). O homicídio foi registrado na rua conhecida como Beco do Júlio, próximo à avenida Ivo Silveira, na comunidade Morro da Caixa, no bairro Capoeiras.

O servidor da Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso (ALMT) teria sido agredido por duas pessoas e só depois teria recebido o disparo de arma de fogo. Quando a Polícia Militar chegou ao local, a vítima já estava sem os sinais vitais. Até o momento, ninguém foi preso.

11 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Asno Mattar
    03 Jan 2018 às 09:23

    As pessoas sempre vivem os reflexos dos espelhos que escolhem manusear na vida. A AL, cuja imagem depende do espelho de cada um de seus integrantes, seja pralamentar seja não pralamentar, vive o caos desde ha muito tempo. Só higienizando moralmente cada um de seus integrantes só conseguirá fazer que boas imagens sejam refletidas. Esse mundinho dos espertos políticos, que acostumaram com soluções odebretchizadas, está à beira do precipício, e nenhum cidadão de bem hesitará em dar o empurrãozinho final. Por enquanto foi o o cuunhado... bem por enquanto. Que 2018 seja bom desinfetante para eles.

  • Tia Perucas
    03 Jan 2018 às 09:21

    Vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros. Queira por favor refazer seu comentário e reenviá-lo.

  • Homem
    03 Jan 2018 às 08:19

    Canonização a vista desse cidadão. Pela ênfase que dão, estamos vendo que ele era um anjo!!!

  • Cutu Amarantes
    03 Jan 2018 às 04:19

    Vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros. Queira por favor refazer seu comentário e reenviá-lo.

  • Paty
    02 Jan 2018 às 21:44

    Vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros. Queira por favor refazer seu comentário e reenviá-lo.

  • Carlos Rodrigues
    02 Jan 2018 às 18:24

    Uma pena ele ter estragado a vida com substancias ilicitas. Siga em Paz Carlos.

  • CEloko
    02 Jan 2018 às 17:15

    Vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros. Queira por favor refazer seu comentário e reenviá-lo.

  • SERVIDORA PÚBLICA ESTADUAL CONCURSADA
    02 Jan 2018 às 15:55

    Meus sinceros pêsames ao deputado Gilmar e família

  • cuidado
    02 Jan 2018 às 13:56

    os companheiros do Ali Babá lotados na ALMT começaram a cair.....façam suas apostas....quem será @ próxim@?

  • Brasil
    02 Jan 2018 às 12:49

    É cada coisa nesse Brasil. A pessoa morre e mesmo assim viaja pra Curitiba e eu vivo não consigo viajar pra canto nenhum.

Sitevip Internet