Olhar Direto

Notícias / Política MT

Estratégia deve projetar ministro Blairo Maggi para disputa à Presidência da República em 2018

Da Redação - Ronaldo Pacheco

10 Jul 2016 - 11:45

Foto: Rogério Florentino Pereira / Olhar Direto

Cidinho Santos é um dos principais interlocutores de Blairo Maggi, nos úlitmos anos

Cidinho Santos é um dos principais interlocutores de Blairo Maggi, nos úlitmos anos

O que era tratado apenas como conversas de bastidores, acabou confirmado pelo senador Cidinho Santos (PR): o grupo ligado ao ministro da Agricultura, senador mato-grossense Blario Maggi (PP), trabalha para pavimentar seu caminho à disputa da Presidência da República, em 2018. Ele revelou para o Olhar Direto que algumas das ações do Ministério da Agricultura são estratégicas para alavancar Maggi na sucessão presidencial.
 
Teria pesado também na tese do ministro da Agricultura a disposição do presidente em exercício Michel Temer (PMDB) em realizar um “governo de transição e conciliação nacional”, não sendo candidato à reeleição. A tendência é de que Temer seja efetivado pelo Congresso Nacional, em agosto, como substituto da presidente afastada Dilma Rousseff (PT), embora existam alguns que acreditem em reviravolta.

Leia mais:
- Estratégia do PP é fortalecer Blairo Maggi no Ministério da Agricultura para disputar a Presidência em 2018
 
- Blairo Maggi anuncia que nunca mais disputa governo de MT e não aceitaria “nem se fosse nomeado”

Desde quando desistiu de disputar o governo de Mato Grosso, em 2014, quando o governador José Pedro Taques se elegeu no primeiro turno, Maggi já teria o plano de disputar a Presidência. Há poucos dias, em entrevista para o Olhar Direto, ele disse que não aceitaria ser governador novamente “nem se fosse nomeado”, porque o orçamento é excessivamente apertado e não há sequer “permissão de sonhar”.
 
“A disposição dele é de disputar a Presidência e a própria cúpula do Partido Progressista, o PP, trabalha isso, internamente”, revelou Cidinho Santos, considerado um dos principais interlocutores de Blairo, nos últimos anos.
 
Trajetória de desafios
 
A própria trajetória de Maggi credencia-o a missões consideradas com escassas chances de vitória, como representa sua intenção de disputar a Presidência da República.
 
Blairo Maggi ingressou na vida pública em 1994, quando era o rei da soja, como suplente do senador Jonas Pinheiro (in memorian). Ele chegou a assumir a cadeira, no Senado, e teve seu nome lançado para o governo de Mato Grosso, então no PPS, em 2001. A morte do empresário André Maggi, seu pai, levou-o a recuar do pleito.
 
Todavia, apelos de diferentes segmentos, especialmente do agronegócio e dos principais prefeitos da época, Roberto França (PPS), de Cuiabá; Jaime Campos (DEM), de Várzea Grande; e Percival Muniz (PPS), de Rondonópolis, fizeram com que reassumisse a candidatura, para não permitir que o PSDB, favoritíssimo na época com a candidatura do senador Antero Paes de Barros, fosse vitorioso por “W.O.”, como se alardeava.
 
Blairo Maggi foi candidato a governador e se elegeu, no primeiro turno. Depois, em 2006, novamente tendo Antero como principal concorrente, se reelegeu no primeiro turno. Em 2010, saiu candidato ao Senado e elegeu com mais de um milhão de votos válidos, muito mais que o então governador reeleito Silval Barbosa. Foi o quinto senador mais votado do Brasil, proporcionalmente, na ocasião.
 
Desde então vem atuando no Senado em diferentes comissões e, junho deste ano, a convite de Michel Temer, com aval do PP, assumiu o Ministério da Agricultura.

40 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • joao do pedregal
    11 Jul 2016 às 14:48

    ESSE OLHARDIRETO, DEVE SER CUSTIADOS POR DIVERSAS SIGLAS PARTIDARIAS, POIS QUANDO VOCE POSTA UMA VERDADE SOBRE CORRUPÇÃO ONDE ENVOLVE SIGLAS PARTIDARIAS, VETADO POR CONTER EXPRESSOES OFENSIVAS. COMO SE O PROPRIO SAITE DIS LA " Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto". SO FALAR A VERDADE ELE NÃO PUBLICA.

  • Made
    11 Jul 2016 às 14:19

    Eu voto em vc senador!

  • LIzia Costa
    11 Jul 2016 às 14:18

    Vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros. Queira por favor refazer seu comentário e reenviá-lo.

  • Piada Pronta
    11 Jul 2016 às 14:12

    NÃO DEU CONTA DO ESTADO E ACHA QUE VAI DAR DO BRASIL!!?? DEPOIS DAQUELA DECLARAÇÃO DIZENDO QUE NEM NOMEADO SERIA GOVERNADOR ALÉM DO TROFÉU DA MOTOSSERRA MERECE DA ARROGÂNCIA DO ANO

  • Wagner
    11 Jul 2016 às 13:24

    A única presidencia que ele pode vir a ocupar,a meu ver , é a PRESIDENCIA do JÔGO DO BICHO !!!

  • Marcos
    11 Jul 2016 às 13:17

    Uai, como assim? Uma pessoa que disse que não seria mais candidato ao governo de Mato Grosso pois, segundo palavras do mesmo, "é muito desgastante e cansativo" e que preferiria permanecer no senado, ou seja, então no senado federal é só fofolândia? Sendo assim, imagina na presidência da República! Sombra e água fresca? Nesse caso seria sombra e leite de soja.

  • MATOGROSSENSE
    11 Jul 2016 às 12:07

    COITADO, QUEM NASCEU PRA FAZER SUCESSO EM JUÍNA ACHA QUE A PAULISTADA DO PSDB VAI DEIXAR ELE DAR UM PULINHO MAIS DO QUE SER UM MINISTRO APAGADO EM SEM INICIATIVA ALGUMA NO DESGOVERNO DE MICHEL TEMER. SE FOR PARA TER ALGUÉM DE MATO GROSSO NA PRESIDÊNCIA, NÃO HÁ NOME ALGUM. E NEM MINHA HONRA DE SER MATOGROSSENSE QUER BLAIRO MAGGI COMO PRESIDENTE NEM DA APROSOJA.

  • sediclaur
    11 Jul 2016 às 11:41

    Esse daí não ganha nem aqui pra governador imaginem pra presidente da república. Aliás ele não teria coragem nem de sair candidato a governador de MT dadas as tantas trapalhadas em que se meteu no seu governo e o péssimo governo que fez. É por causa dele que estamos quebrados e atolados em escândalos.

  • sediclaur
    11 Jul 2016 às 11:41

    Esse daí não ganha nem aqui pra governador imaginem pra presidente da república. Aliás ele não teria coragem nem de sair candidato a governador de MT dadas as tantas trapalhadas em que se meteu no seu governo e o péssimo governo que fez. É por causa dele que estamos quebrados e atolados em escândalos.

  • joao do pedregal
    11 Jul 2016 às 11:37

    Vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros. Queira por favor refazer seu comentário e reenviá-lo.

Sitevip Internet