Olhar Agro & Negócios

Sexta-feira, 25 de setembro de 2020

Notícias / Energia

Cuiabá, Várzea Grande e Rondonópolis são responsáveis por 70% dos desvios de energia

Da Redação - Viviane Petroli

27 Mar 2015 - 08:44

Foto: Viviane Petroli/Agro Olhar

Cuiabá, Várzea Grande e Rondonópolis são responsáveis por 70% dos desvios de energia
Cuiabá, Várzea Grande e Rondonópolis são responsáveis por entre 60% e 70% dos desvios de energia elétrica em Mato Grosso, como os chamados ‘gato de energia’. Levantamento da concessionária Energisa revela que em fevereiro o percentual de perdas corresponderam a 6,96% da energia distribuída.

As perdas por irregularidades (desvios de energia), de acordo com o gerente de Perdas da Energisa, Marcelo Ores, em 2011 chegavam a 18,63% e nos últimos anos apresentaram recuos diante ações e fiscalizações.

Leia mais:
Aneel anuncia que conta de luz vai subir mais 6%; tarifas devem cair após cinco anos
Projeto para redução da conta de energia é apresentado por deputado federal de Mato Grosso

“Em fevereiro conseguimos ficar abaixo da meta da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), que é de 7,24% o percentual de perdas. As ações e fiscalizações são realizadas todos os dias para combater o furto de energia. Temos equipes específicas para isso e uma vez por mês reunimos todas para concentrar ações em bairros onde constatamos mais irregularidades”, revela Marcelo Ores. Na quinta-feira (26) à tarde foram feitas fiscalizações nos bairros Jardim Cuiabá e Duque de Caxias.

De acordo com a Energisa, em 2012 o percentual de perdas havia sido de 14,92%, em 2013 de 10,11% e em 2014 7,73% do total de energia distribuído.

O gerente de Perdas da Energisa revela que cerca de 1,5 mil unidades consumidoras deverão ser regularizadas em 2015, como é caso do bairro Parque Mariana, nas proximidades do bairro Tijucal, em Cuiabá. “Em algumas localidades não conseguimos fazer a regularização em decorrência a questões territoriais. No bairro Parque Mariana, por exemplo, são cerca de 300 regularizações, além de postes”.

Comentários no Facebook

Sitevip Internet