Olhar Agro & Negócios

Quarta-feira, 20 de janeiro de 2021

Notícias / Emprego

Salário para as mulheres em Mato Grosso sobe 61,8% em 10 anos; média foi de 43%

Da Redação - Viviane Petroli

08 Dez 2015 - 09:01

Foto: Reprodução/Internet/Ilustração

Salário para as mulheres em Mato Grosso sobe 61,8% em 10 anos; média foi de 43%
A remuneração média paga aos trabalhadores mato-grossenses cresceu 43,06% em 10 anos, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Porém, a desigualdade de salário entre os homens e as mulheres ainda é constatado no Estado, apesar do incremento de 61,8% no rendimento médio feminino.

Conforme a Síntese de Indicadores Sociais (SIS), divulgada pelo IBGE na última semana, a remuneração média dos trabalhadores em Mato Grosso em 2004 era de R$ 1.298. Em 10 anos subiu 43,06% atingindo R$ 1.857 em 2014.

Leia mais:
Especialistas não creem em melhora da economia; requerimentos de recuperação judicial sobem 202% em MT

Já o salário médio dos homens saltou de R$ 1.496 para R$ 2.058, um incremento de 37,5%. No caso das mulheres de R$ 948 para R$ 1.534, ou seja, aumento de 61,8%.

Segundo especialistas na área econômica, diversos fatores contribuíram para o desempenho positivo do salário em Mato Grosso. Além o aumento do volume de carteiras assinadas, o crescimento econômico do Estado foi um grande contribuidor para tal resultado, uma vez que em 10 anos Mato Grosso tornou-se líder em produção agrícola, vindo a impulsionar as demais cadeias econômicas, como comércio, serviços e indústria.

Brasil


A remuneração média brasileira, conforme o IBGE, saltou de R$ 1.197 para R$ 1.725. No caso dos homens de R$ 1.362 para R$ 1.935 e das mulheres de R$ 946 para R$ 1.436.

Comentários no Facebook

Sitevip Internet