Olhar Agro & Negócios

Segunda-feira, 23 de setembro de 2019

Notícias / Indústria

Confiança do empresário da indústria em Mato Grosso sobe após 12 meses de queda

Da Redação - Viviane Petroli

17 Ago 2016 - 08:54

Foto: Janâ Pessoa/Sesi-MT

Confiança do empresário da indústria em Mato Grosso sobe após 12 meses de queda
A confiança do empresário industrial de Mato Grosso em agosto ultrapassou a linha divisória de 50 pontos e atingiu 52 pontos. O resultado é considerado positivo diante 12 meses de oscilações entre 36 pontos e 44,9 pontos de confiança.

O resultado consta no Índice de Confiança do Empresário Industrial (ICEI) de Mato Grosso, divulgado pela Federação da Indústria do Estado de Mato Grosso (Fiemt). A sondagem de opinião mostra um aumento de 8,1 pontos na confiança do empresariado da indústria no comparativo com julho e de 15,4 pontos se comparado com agosto do ano passado.

Leia mais:
Empresários da indústria em Mato Grosso seguem "pouco" confiante com a economia

Considerando o porte das indústrias, a pesquisa revela que tanto as de pequeno quanto de médio e grande porte tiveram aumento no indicador de nível de confiança. As indústrias de pequeno porte apresentaram 45,3 pontos, resultado este superior aos 40 pontos de julho e aos 35,5 pontos de agosto do ano passado. Já as médias e grandes 54,8 pontos de confiança, diante 45,5 de julho e 37 pontos de agosto em 2015.

Ao analisar por segmento, a indústria da construção o indicador de nível de confiabilidade é de 54,3 pontos, contra 35 pontos de julho e 40 pontos de agosto do ano passado. Já entre as indústrias extrativas e de transformação 51,7 pontos, superando os 45,5 pontos de julho e os 36,3 pontos de agosto de 2015.

Condições atuais e expectativas


No que tange as condições atuais da economia brasileira, do Estado, bem como da empresa o índice ainda encontra-se abaixo da linha divisória de 50 pontos, porém acima do verificado em julho e agosto do ano passado. Na economia brasileira a confiança ficou em 41,1 pontos, superior aos 28,1 pontos de julho e aos 19,2 pontos do período o ano passado. No Estado a confiança ficou em 40,1 pontos, acima dos 31,3 pontos de julho e os 27,7 pontos em 2015.

Nas empresas o índice de confiança ficou em 43,3 pontos. O resultado é maior que os 34,5 pontos do mês anterior e aos 31,7 pontos em agosto do ano passado.

Quanto às expectativas para os próximos seis meses a confiança ficou em 52 pontos para a economia brasileira, 55,2 pontos para o Estado e 59,3 pontos para a empresa.

Brasil


Assim como Mato Grosso, o Índice de Confiança do Empresário Industrial do Brasil apresentou alta e ficou em 51,5 pontos em agosto. O resultado é maior que os 47,3 pontos de julho e aos 37,1 pontos de agosto do ano passado.

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agro Olhar. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agro Olhar poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

Sitevip Internet