Olhar Agro & Negócios

Terça-feira, 10 de dezembro de 2019

Notícias / Geral

Com bikes compartilhadas, MRV entrega residencial com 292 apartamentos em Várzea Grande

Da Redação - Fabiana Mendes

04 Jun 2019 - 11:02

Foto: Rogério Florentino Pereira/OD

Com bikes compartilhadas, MRV entrega residencial com 292 apartamentos em Várzea Grande
Com objetivo de incentivar a prática de atividade física e um meio sustentável de transporte, a MRV Engenharia entregou, nesta terça-feira (4), nove bicicletas para uso compartilhado dos moradores de 292 apartamentos, do Residencial Chapada dos Campos, no bairro Jardim Glória, em Várzea Grande. Há quase quatro décadas, a MRV mantém seu foco em inovação e sustentabilidade, no mercado de empreendimentos brasileiros.

Leia mais:
MRV Engenharia lança empreendimento inovador e ecológico em Várzea Grande

A entrega aconteceu um dia antes do Dia Mundial do Meio Ambiente, celebrado dia 5 de junho, e levanta a importância na sustentabilidade, equilibrando o lado financeiro, social e ambiental. Gerente de Marketing da MRV, Tamires Campos Dias, explicou ao Olhar Agro & Negócios, que foram agregados vários diferenciais no empreendimento.



”As bikes compartilhadas, tomadas USB’s, Wifi nas áreas comuns, veio olho mágico nas portas, que é uma questão de segurança. Todo sistema de segurança que a gente tem, CFTV de câmeras, cerca elétrica, tudo das linhas novas, a gente agregou neste produto. É um beneficio para quem está comprando, pois não tinha isso no memorial descritivo, nas informações do empreendimento”, afirma.
 
A entrega estava prevista para acontecer em janeiro de 2020. Contudo, a Construtora conseguiu fazê-la com seis meses de antecedência. “É um momento de muita alegria para o pessoal. Momento de receber as chaves. A entrega deste empreendimento estava prevista para janeiro do ano que vem. Conseguimos entregar com antecedência. As obras da MRV, estamos conseguindo entregar com mais de seis meses de antecedência”, acrescentou.
 
Incentivo para os moradores
 
Com a rotina do dia a dia, o tempo para as atividades físicas fica comprometido. O ideal é praticar algum tipo de atividade física, como por exemplo, a natação, caminhada, ciclismo, entre outros.
 
Ainda conforme a gerente, a ideia das bikes compartilhadas vem como um incentivo à prática de esportes, além de proporcionar uma melhor qualidade de vida aos moradores.“Como será utilizado é definido em convenção de condomínio, junto com o síndico”, ponderou.



Incentivados pela iniciativa da MRV, os novos moradores criaram um grupo no WhatsApp para programarem as atividades. A técnica em segurança do trabalho, Carine Rodrigues, de 28 anos, costumar correr há cerca de dois anos, mas agora irá pedalar também por conta da disponibilidade das bikes no residencial.
 
“É bastante interessante. Temos bastante comércios aqui por perto. Conforme você precise se deslocar, é bem mais fácil e útil você ir de bicicleta, até para sua saúde, do que ficar nesta comodidade de carro, moto. É bom que estimula os moradores a praticar esportes. O pessoal já está montando um grupo de bike para pedalar junto. A expectativa é grande”.

O residencial 

Individualização da água, instalação de coleta seletiva – incluindo o descarte correto para óleo de cozinha -, bicicletas comunitárias e até mesmo um pomar fazem parte do projeto do residencial sustentável.  O condomínio faz parte da Linha Eco, e associa design contemporâneo, conforto e custo benefício. 

A construtora há tempos se destaca pela iniciativa sustentável. O selo “MRV + Verde” assegura a sustentabilidade dos empreendimentos depois de prontos, e refere-se ao que é entregue para o morador, como por exemplo, concreto com dosagem otimizada, lâmpadas de baixo consumo, dispositivos economizadores – sistemas de descarga inteligente, entre vários outros.
 
Além do projeto ecologicamente responsável, a construtora, em parceria com a Prefeitura de Várzea Grande, também realizou obras de melhorias no bairro Jardim Glória, onde está o condomínio. A empresa investiu cerca de 2 milhões de reais em obras de melhoramento do entorno para a comunidade como rede de drenagem, rede de abastecimento, pavimentação em asfalto, a construção de uma ponte e obras de paisagismo. 
 

2 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agro Olhar. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agro Olhar poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Aparecida Sabino
    08 Out 2019 às 16:19

    Boa tarde gostaria de saber valores de um apartamento em Suzano se possível em construção. MEU irmão comprou o dele com vcs e foi ele quem me indicou vcs

  • Justino
    05 Jun 2019 às 07:29

    Essas bikes deixarão de funcionar em 1 mês. O que é comunitário não se tem cuidado. Infelizmente.

Sitevip Internet