Olhar Agro & Negócios

Quarta-feira, 18 de setembro de 2019

Notícias / Economia

Sicredi libera R$ 317 milhões do Pronaf na região Centro Norte em 2018

Da Redação - José Lucas Salvani

05 Jun 2019 - 17:00

Foto: Reprodução

Sicredi libera R$ 317 milhões do Pronaf na região Centro Norte em 2018
O banco Sicredi liberou R$ 317,285 milhões de crédito do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf) na região Centro Norte, composta por Mato Grosso, Rondônia, Pará e Acre, em 2018. O programa é destinado aos produtores familiares e foi responsável pelo maior volume de liberações no ano passado.

Leia mais:
Sicredi e Facmat firmam parceria para beneficiar empresas ligadas à federação

Alessandro Gonçalves da Silva, 40 anos, é produtor rural em Sinop (a 480 km de Cuiabá) há 16 anos e é um dos beneficiários do programa. Trabalhando com pecuária, ele possui um rebanho de 220 cabeças, divididas entre gado leiteiro e de corte. Diariamente, consegue tirar entre 280 a 300 litros de leite.

"Tornei-me associado em 2014. Quando percebeu que precisava investir no gado leiteiro contratou crédito no Sicredi, pelo Pronaf. Foram duas operações de R$ 50 mil cada, pagas em dois anos.  (...) Meu salário mensal era de R$ 3 mil e agora, com mais leite sendo produzido subiu para R$ 9 mil. Sem contar a venda de bezerros, quando ao salário pode chegar a R$ 15 mil", explica o produtor.

Com o programa, os recursos aplicados permitem com que os produtores rurais possam investir em diversas melhorias o que, consequentemente, gera uma maior produção e maior renda.

Em 2018, o Sicredi aplicou R$ 163,260 milhões com recursos do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), superior aos R$ 90,808 milhões liberados em 2017. Considerando outras fontes, a liberação total foi de R$ 317,285 milhões na região, acima dos R$ 213,689 milhões também em 2017.

O Sicredi na região Centro Norte encerrou 2018 com saldo total da carteira de crédito do Pronaf (BNDES e outras fontes) em R$ 645 milhões, expansão de 28,7% sobre os R$ 501 milhões de saldo ao fim de 2017.

1 comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agro Olhar. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agro Olhar poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

Sitevip Internet