Olhar Agro & Negócios

Domingo, 09 de agosto de 2020

Notícias / Pecuária

1ª Feira de Touros do Pró-Genética busca reposicionar pequeno produtor no mercado

Da Redação - Rodrigo Maciel Meloni

02 Mai 2013 - 15:37

Foto: Assessoria

1ª Feira de Touros do Pró-Genética busca reposicionar pequeno produtor no mercado
No próximo dia 18 de maio será realizada a 1ª Feira de Touros do Pró-Genética do Estado de Mato Grosso com um propósito específico: reposicionar as pequenas e médias propriedades que produzem e comercializam bovinos de corte no país. A questão a ser contornada pelo mercado e pensada pela Associação dos Pequenos Produtores Agrícolas de Santo Antônio do Rio das Mortes (Apepasa), ocorre em Novo Santo Antônio, município 1.100 a quilômetros de Cuiabá.

Ranking da Raça Nelore 2013 é parte da programação da Exporriso
Atividade de cria bovina sofre com baixa qualidade genética do rebanho e falta de renda

De acordo com a assessoria do evento, a feira conta com a colaboração de diversos parceiros e de pecuaristas da região para subjugar o problema, que tem se colocado como um dos desafios mais importantes na criação de gado no Brasil nos últimos. Dados do Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea) mostram que a falta de apoio ao pequeno produtor é particularmente evidente em Mato Grosso, dono do maior rebanho bovino de corte no Brasil, com aproximadamente 30 milhões de cabeças.

Segundo a pesquisa do Instituto, as propriedades no Estado com foco em bovinocultura e que possuem até 300 cabeças - ou seja, propriedades de pequeno porte - representam cerca de 85% do total. No entanto, apenas 24% do rebanho de Mato Grosso estão nessas pequenas propriedades.

A baixa qualidade genética do rebanho e a falta de investimentos em melhoramento genético dos animais - que, por sua vez, se dá justamente por falta de assistência técnica e acesso a financiamentos por parte dos criadores – são alguns dos motivos que têm ocasionado a grande parte destes pequenos pecuaristas sua marginalização no mercado.

Para reverter a realidade presente, projetos que visam aumentar a produtividade e a qualidade do rebanho, atendendo à demanda ambiental, social e genética de pequenos produtores de Assentamentos da porção Nordeste de MT estão pululando por aquela região.

Dentre eles, o Projeto de Pecuária da Mata Azul da Aliança da Terra, que em parceria com a ABCZ (Associação Brasileira dos Criadores de Zebu), Apepasa e Fundação Solidaridad, promoveu em 2012 reuniões para levar o Programa de Incentivo ao Melhoramento Genético (Pró-Genética) a pequenos produtores dos Assentamentos Mata Azul, Roncador, Dom Pedro, Mãe Maria e Bandeirantes.

Pró-Genética

O Pró-Genética é um programa da ABCZ em parceria da EMATER-MG (Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado de Minas Gerais). No primeiro ano foram comercializados quase mil touros a mil propriedades diferentes.

A ABCZ, através do Pró-Genética, agrega valor ao rebanho comercial, promovendo a oferta de touros de alto valor genético. Os agentes financeiros como o Banco do Brasil, o Sicredi e o Bradesco irão participar com o cadastro e a liberação de linhas de crédito.

A Aliança da Terra, através de seu CCS – Cadastro de Compromisso Socioambiental – irá atender à demanda ambiental e social dos pequenos produtores e auxiliar na retirada do CAR (Cadastro Ambiental Rural) das propriedades pendentes.

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agro Olhar. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agro Olhar poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

Sitevip Internet