Olhar Direto

Terça-feira, 28 de maio de 2024

Notícias | Variedades

'Amour', do austríaco Michael Haneke, conquista a Palma de Ouro

"Amour", um filme sóbrio e comovente do diretor austríaco Michael Haneke, sobre o acaso da vida, conquistou neste domingo a Palma de Ouro do 65º Festival de cinema de Cannes.


Inconfundível com sua barba e cabelos brancos, sempre vestido de preto, o cineasta, que já havia recebido uma Palma de Ouro em 2007 por "A fita branca", subiu ao palco acompanhado pelos intérpretes de seu filme, os lendários atores franceses Jean-Louis Trintignant e Emmanuele Riva.

Os octogenários atores franceses interpretam em "Amour" um casal cheio de amor e cumplicidades, que quase não precisa de palavras para se entender. Mas um dia toda essa vida desaba, quando ela fica doente.

O filme, que transcorre inteiramente em um apartamento parisiense, retrata a deterioração acarretada pela velhice, refletindo com compaixão a dor de assistir à doença de um ente querido, de observar sua lenta passagem em direção à morte.

Mas Haneke não o faz com crueldade, mas com uma sensibilidade impressionante, com um grande humanismo e uma emoção contida.

"Quando se chega a uma certa idade, o sofrimento inevitavelmente te comove. É tudo o que queria mostrar, nada mais", disse Haneke em uma coletiva de imprensa em Cannes, após a apresentação deste filme austero e doloroso.
Entre no nosso canal do WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Assine nossa conta no YouTube, clique aqui
 
xLuck.bet - Emoção é o nosso jogo!
Sitevip Internet