Olhar Direto

Sábado, 25 de maio de 2024

Notícias | Variedades

saias justas

Galisteu sobre decisão de não expor Dieckmann: 'Me coloquei no lugar'

Desde o namoro com Ayrton Senna, Adriane Galisteu é assunto para revistas, sites e programas sobre celebridades. Agora, ela também está do outro lado: comanda um programa na Band, o "Muito Mais", que fala da vida dos artistas. Entre a cruz e a espada, a apresentadora tem que fofocar sobre amigos, conhecidos e até sobre ela mesma, mas conta que, com o jogo de cintura que lhe é habitual, consegue driblar as saias justas. "Não sou pedra", diz ela, que não deixou de ser vidraça. "Eu fico ali na defesa, principalmente das pessoas que eu gosto e conheço", conta.

O saldo de Galisteu, seis meses após o início do programa, é positivo: mantém os amigos famosos - que às vezes dão uma reclamadinha, é verdade - e só arrumou briga com Ana Hickmann após dizer que a vida da ex-modelo melhoraria quando ela tivesse um filho. A gaúcha não gostou, o circo se armou e Galisteu achou a reação desproporcional: "Ainda estou sem entender, tamanha dor por uma coisa tão singela".
Safa no jogo da fama, Adriane usa sua experiência quando a pauta é polêmica, como quando vetou a exibição das fotos que vazaram de Carolina Dieckmann nua. "Me coloquei no lugar dela. Ela é na dela, não gosta de se expor. E foi acontecer justamente com ela, que cansou de receber convites para posar nua. Ela é mãe e sempre foi cuidadosa", lembra. No caso do depoimento de Xuxa ao "Fantástico", Galisteu também é discreta, até por um impedimento judicial da Band, mas não deixa de opinar. "Achei megadeselegante", disse, referindo-se à parte que a rainha dos baixinhos revela que pensou em procurar Senna pouco antes da sua morte, época em que o piloto namorava Adriane. Confira a entrevista.
EGO - Você sempre foi pauta para os programas de fofoca. E agora, além de vidraça, você é pedra. Como é isso?
Adriane Galisteu - Não sou pedra. Pedra é a Rita, o Gominho (coapresentadores). Eu fico ali na defesa, principalmente das pessoas que eu gosto e conheço. E todo mundo que me conhece sabe que eu procuro ser o mais honesta e autêntica possível. E também não levo tudo a ferro e a fogo. Eu me divirto.
Os programas que passam à tarde da TV aberta são taxados de sensacionalistas por muita gente. Você concorda com isso?
Na verdade, é tudo meio sensacionalista na TV aberta. E à tarde tem esse enfoque de tristeza, de dor, de tragédia. Por isso, que a ideia do "Muito Mais" é muito boa, porque é para dar risada. A gente acompanhou o caso do Pedro (Leonardo, que se acidentou em abril), por exemplo, que é uma tragédia, uma tristeza, mas a gente tenta mostrar de uma forma diferente. Não ele em cima da maca, mas passando informação para o telespectador, com jornalista na porta do hospital.
Qual foi o maior furo que você já deu no programa?
Nosso objetivo não é dar furo, tanto que o caso da Dieckmann, eu recebi antes de chegar em qualquer lugar, de manhã. Seríamos o primeiro programa a dar, mas a gente tomou decisão de não fazer isso.
E por que você decidiu não dar as fotos da Carolina Dieckmann?
Porque eu me coloquei no lugar dela. Ela é na dela, não gosta de se expor. E foi acontecer justamente com ela, que cansou de receber convites para posar nua. Ela é mãe e sempre foi cuidadosa. E a gente não tem nada a ver com isso, ninguém tem nada a ver com essas fotos íntimas. Acho que foi uma boa essa postura. Alguém tem que pensar no outro lado. Não pode dar espaço para pilantra.
Sua relação com as outras celebridades sempre foi muita boa. Com o programa, isso mudou de alguma forma?
Bom, eu tenho chefes e eles pediram para eu fazer (o programa). E eu não estou ali para escolher, estou ali pra trabalhar. Mas acredito que não, eu continuo falando com minhas amigas. Claro, tem gente que fala, "eu não gostei disso, não gostei daquilo". E eu também não gosto de várias coisas que saem sobre mim, mas tenho que administrar. E são quatro apresentadores que pensam de maneira diferente, as pessoas têm opiniões diversas, e de vez em quando rola um quebra-pau.
Mas sempre sobra para você...
O que sobra pra mim é porque é aquela coisa: "saiu no programa da Galisteu". Aí eu falo: "pega a fita e vai assistir se fui que falei". Às vezes o diretor fala para pararmos com o assunto e eu não consigo dar o meu posicionamento. Mas dependendo da situação eu bato de frente e peço para me posicionar.
Além da Ana Hickmann, teve alguém que se ofendeu com você?
Não, foi único caso. E foi mega-injusto. Foi um negócio que eu ainda estou sem entender, tamanha dor por uma coisa tão singela. Se eu fosse brigar por tudo que falam de mim... A não ser que seja uma megamentira, eu nunca liguei para brigar com ninguém.
E sobre o depoimento da Xuxa no "Fantástico", o que você achou?
Ninguém da emissora pode tocar no nome dela, por causa de um processo (Xuxa processa Band por umas fotos dos anos 80 veiculadas sem autorização por um programa da emissora). Então, é uma coisa muito maior e eu não vou falar sobre isso. Não estou a fim de dar esse mole agora. Mas, assim, achei megadeselegante. Mas não tinha nenhuma novidade ali no que ela falou.
Alguma vez você já vetou alguma matéria de entrar no ar por ser muito polêmica?
Teve o VT da Carol (Dieckmann). E uma vez que a gente foi atrás da Ana Paula Arósio. Acho que ela tem todo direito de ficar enfiada lá no sítio dela sem querer falar com ninguém. A partir do momento que ela está dentro de um sítio, provavelmente não quer falar e não quer ser vista. Aí eu disse: "vamos parar com essa história, ela quer se preservar."
Teve algo que você botou no ar e se arrependeu?
Não. Quando pego o roteiro, falo: "Não quero participar dessa matéria, isso quero comentar". Mas esse é o nosso mundo: o famoso, o semifamoso, o neofamoso. Eu até queria criar um quadro chamado "celebridade anônima" com anônimos que têm uma alma de artista e que querem ser famosos. Por que aí sai um pouco do foco celebridade
Te incomoda o programa só falar de celebridade?
Eu me divirto. Me incomodaria se o programa tivesse indo mal. Adoro o carinho das pessoas nas ruas. E todo mundo assiste, do manobrista até a madame.
Entre no nosso canal do WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Assine nossa conta no YouTube, clique aqui
 

Comentários no Facebook

xLuck.bet - Emoção é o nosso jogo!
Sitevip Internet