Olhar Direto

Sexta-feira, 04 de dezembro de 2020

Notícias / Esportes

Usain Bolt: "O atletismo precisa que eu vença no Rio"

Gazeta Esportiva via Terra

14 Ago 2016 - 11:42

Um dia depois de se classificar às semifinais dos 100m rasos no Rio 216, Usain Bolt afirmou que o atletismo precisa que ele vença mais uma Olimpíada. Segundo ele, a possibilidade de alcançar algo que jamais alguém conquistou acaba o motivando para entrar em ação o mais motivado possível. Caso avance para a grande final dos 100m rasos, que também acontece na noite deste domingo, o jamaicano se aproximará ainda mais do feito inédito: conquistar o tricampeonato olímpico em três provas diferentes, os 100m rasos, os 200m rasos e o revezamento 4x100m.

"O atletismo precisa que eu vença no Rio e que eu seja o melhor. Eu posso conseguir algo que ninguém nunca fez antes. Eu estou com pressa, estou animado e ansioso. Eu sei que o atletismo precisa que eu vença no Rio e seja o melhor. Eu quero o mesmo", disse o bicampeão olímpico das três provas mais rápidas do atletismo.

Ainda não é certo que Bolt se aposente ao fim dos Jogos Olímpicos. Provavelmente essa será a última Olimpíada do jamaicano, no entanto, ele não descartou a possibilidade de seguir por mais algum tempo. Segundo o atleta, aquilo que seu treinador dizer será fundamental para que a decisão seja tomada.

"Se o esporte precisa de mim e eu encontrar motivação para mais um ano, porque não continuar um pouco? O que é certo é que eu não quero dizer adeus com uma derrota. Se o meu treinador diz que ainda posso ganhar, eu confio nele", completou.

Em meio a uma série de escândalos de dopagem no atletismo, Bolt surge como uma das poucas imagens positivas que a modalidade ainda consegue passar ao público. Mesmo assim, o jamaicano não se esquivou quando foi questionado sobre essa questão. Campeão olímpico no revezamento 4x100m em Pequim 2008, Bolt contava em sua equipe com Nesta Carter, que anos depois acabou sendo flagrado em exame antidoping com amostras de urina do atleta da época dos Jogos Olímpicos na cidade chinesa. Há a possibilidade, inclusive, de Bolt perder sua medalha por conta de seu antigo companheiro.

"Eles me testam várias vezes a cada temporada. Ficaria desapontado em perder uma das medalhas de Pequim, mas regras são regras. Eu sempre segui as regras", finalizou.

Comentários no Facebook

Sitevip Internet