Olhar Direto

Segunda-feira, 21 de outubro de 2019

Notícias / Cidades

Polícia resgata dois cães de estudante que aparece em vídeo de zoofilia

Da Redação - Patrícia Neves

24 Abr 2017 - 12:19

Polícia resgata dois cães de estudante que aparece em vídeo de zoofilia
A Delegacia Especializada do Meio Ambiente (Dema) resgatou dois cães da raça Lhasa Apso, de propriedade do estudante, Emerson Fernandes Pedroso, indiciado por maus tratos de animais e associação criminosa. Emerson, que ainda não foi localizado para prestar esclarecimentos, é investigado por suspeita de ser membro  de um grupo de zoófilos - pessoas que têm atração e envolvimento sexual com animais de outras espécies.

Leia Mais:
Estudante filma estupro de cadela e posta em rede social; protetores de animais vão à polícia

Na última semana, em 18 de abril, foi divulgado um vídeo onde ele aparece mantendo relação sexual com uma cadela. O vídeo causou revolta na sociedade e em diversas Organizações Não-Governamentais (Ongs) de proteção aos animais. 

Segundo a Polícia Civil, o suspeito tem quatro cães, dos quais dois já foram resgatados. A cadela que aparece na filmagem ainda não foi encontrada.

Os dois cães apreendidos, uma fêmea e outro macho, estavam sob os cuidados de uma pessoa, amiga da família do envolvido, que após saber das diligências ininterruptas realizadas pela Polícia Civil durante todo o feriado de sexta-feira (21) e sábado, para apreender os animais, entrou em contato com os policiais para entregar os cachorros.

"Identificamos essa pessoa. Diligenciamos até o endereço dela no Pedra 90, mas não a encontramos. Ao saber que estávamos a sua procura, ela entrou em contato com os policiais e negociamos a entrega dos animais. Ela foi ouvida no sábado à noite", explicou o delegado Gianmarco Paccola Capoani.

Os animais foram entregues, na Dema, ao delegado Gianmarco Paccola Capoani, que na quinta-feira (20), entrou com pedido de prisão temporária contra Emerson Fernandes Pedroso, ponderando na representação a repercussão social das "cenas criminosas filmadas pelo próprio indiciado e publicadas posteriormente nas redes sociais, que geraram repugnância maciça na sociedade", inclusive extrapolando os limites locais.

"Trata-se um fato que abalou o sentimento social, e certamente, além das questões criminais aqui investigadas, é certo que deverá haver paralelamente sanções de reparação de dano extrapatrimonial ambiental", disse o delegado.

A prisão do estudante ainda não foi decretada pelo Judiciário.

6 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • J.José
    25 Abr 2017 às 20:42

    Tatuado! né Zé Guaporé.

  • Zé Guaporé
    24 Abr 2017 às 16:40

    Depois dizem que não se pode julgar pelas aparências, mas veja o estilo do cara!

  • Fabiana
    24 Abr 2017 às 15:58

    Vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros. Queira por favor refazer seu comentário e reenviá-lo.

  • junior
    24 Abr 2017 às 15:46

    Na boa, será que vão prender todas aquelas pessoas que fazem filmes porno com animais??? que idiotice isso, prender o cara por algo que ocorre em filmes por ai

  • ziraldo
    24 Abr 2017 às 14:30

    absurdo a policia prende ele, e como fica a cadela esposa dele. pq decerto é casado com ela bém feito que ela ingravide e saia um fiote homecachorro

  • João Vitor Close
    24 Abr 2017 às 13:16

    Imaginem se ele chega a ser dentista, que nojo!! Tadinha da branquinha -(

Sitevip Internet