Olhar Direto

Sábado, 15 de junho de 2024

Notícias | Cidades

reunião

Com mais de 60 furtos registrados em um mês, moradores de Chapada cobram soluções

Foto: Nativos do Mundo

Com mais de 60 furtos registrados em  um mês, moradores de Chapada cobram soluções
Cerca de 60 representantes da sociedade civil do município de Chapada dos Guimarães se reuniram no Fórum da Comarca de Chapada dos Guimarães para cobrar do poder judiciário mais rigor na aplicação das penas dos criminosos.


A Polícia Militar afirma que a maioria dos casos de furtos que acontecem no município são praticados pelos mesmos indivíduos, que acabam presos, mas logo são soltos. O juiz Leonísio Salles de Abreu Júnior, ouviu as reivindicações da população.

Leia mais:
Homem suspeito de cometer vários furtos é espancado por moradores
 
Estiveram presentes na reunião representantes da Polícia Militar, o delegado Sued Dias da Silva Júnior, a assessora da Prefeitura, a desembargadora aposentada Rosângela Pedroso , o juiz Leonísio Salles de Abreu Júnior, empresários do municípios e outors cidadão que se sentem lesados.

De acordo com a Polícia Militar, nos meses de novembro e dezembro foram registrados 64 casos de furto em Chapada dos Guimarães, sem contar os outros crimes patrimoniais. A PM afirma que já analisou as ocorrências e verificou que a maioria dos furtos são praticados pelos mesmos indivíduos, cerca de 10 a 15.

A PM também diz que as prisões têm acontecido, no entanto os acusados acabam sendo soltos pelo Poder Judiciário. Das 64 ocorrências de furto no final do ano passado, cinco delas foram pela mesma pessoa.

A população cobrou mais rigor do Poder Judiciário, mas também mais políticas públicas do executivo, além de ser necessária uma melhora na iluminação pública e também a manutenção de terrenos baldio e matagais.

O juiz Leonisio Salles rebateu dizendo que nos últimos quatro meses apenas 17 casos de roubos e furtos chegaram para o Judiciário, indo contra o que foi apontado pela polícia. No entanto, ele afirmou que o que é preciso para diminuir a criminalidade não é apontar culpados, mas sim cobrar políticas públicas de prevenção de entrada de jovens na criminalidade e reintegração à sociedade daqueles que saem do sistema prisional.

 
Entre no nosso canal do WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Assine nossa conta no YouTube, clique aqui
 

Comentários no Facebook

xLuck.bet - Emoção é o nosso jogo!
Sitevip Internet