Olhar Direto

Terça-feira, 24 de setembro de 2019

Notícias / Cidades

Água invade fazenda da Bom Futuro após rompimento de barragem em MT e causa prejuízos

Da Redação - Fabiana Mendes

06 Fev 2018 - 11:04

Foto: Reprodução

Água invade fazenda da Bom Futuro após rompimento de barragem em MT e causa prejuízos
O rompimento de uma barragem em São José do Rio Claro (320 km de Cuiabá), no último domingo (4), causou inundação e prejuízos às propriedades rurais que ficam na região. A fazenda Agromar, do Grupo Bom Futuro, foi uma das atingidas pelo rompimento.

Leia Mais: 
Três barragens de Pequena Central Hidrelétrica se rompem em Mato Grosso; veja vídeos
 
Segundo informações repassadas por militares da Defesa Civil Estadual, houve o rompimento de três barragens. A primeira seria de um reservatório de uma destilaria de álcool. Posteriormente, este rompimento provocou a derrubada do acesso à fazenda Agromar, levando parte do aterro e a ponte ali localizada, impossibilitando o acesso à propriedade.
 
Um pouco abaixo da ponte de acesso da fazenda, o pequeno reservatório de 2,4 hectares da fazenda não suportou o elevado volume de água, e rompeu parte de sua barragem na margem direita, causando inundação na casa de máquinas. 
 
A força da água seguiu até a fazenda Esplanada do Arinos.
 
Uma equipe da Defesa Civil segue para a região, onde deverá ser feito o levantamento dos danos e impactos ambientais causados pelo rompimento das barragens.
 
O grupo Bom Futuro, disse que já comunicou a Secretaria Estadual de Meio Ambiente (Sema) sobre o ocorrido. Uma equipe também deverá seguir para o local para a produção de um Laudo Técnico.

7 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • José
    06 Fev 2018 às 21:19

    Se contratarem uma empresa JAPONESA isso não aconteceria e o VLT de VG e Cuiabá já estariam prontas antes da BOSTA. Digo. Copa 2014.

  • Renata
    06 Fev 2018 às 17:38

    Isso se chama justiça Divina sendo feita

  • João Capivari
    06 Fev 2018 às 15:22

    Pelo que entendi, o rompimento das barragens só atingiu as propriedades do mesmo grupo. Logo não há nada a condenar!

  • Julião petruquio
    06 Fev 2018 às 13:26

    A natureza dando o troco.

  • Renata
    06 Fev 2018 às 12:58

    Agora eu quero ver no que vai dar. Aconteceu com peixe grande. Pq em Mariana eram todos pobre sem ninguém pra defender. E esse surto de febre amarela é por causa da destruição em Mariana e região e ninguém toca no assunto. Povo de MT, fica esperto.

  • servidor
    06 Fev 2018 às 11:24

    Vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros. Queira por favor refazer seu comentário e reenviá-lo.

  • Ângelo
    06 Fev 2018 às 11:20

    Bem feito !

Sitevip Internet