Olhar Direto

Sexta-feira, 20 de setembro de 2019

Notícias / Cidades

Apresentador de TV e eleitores que alegaram falha em urna confirmam que voto foi computado

Da Redação - Wesley Santiago

17 Out 2018 - 15:40

Apresentador de TV e eleitores que alegaram falha em urna confirmam que voto foi computado
O apresentador do programa VIP, Eduardo Carvalho, seu sócio Fávio Jamal e a eleitora Cristiane Botelho aceitaram convite do Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso e compareceram à Casa da Democracia para acompanhar o trabalho de carga e lacre das urnas eletrônicas que serão usadas em vários locais de votação em Cuiabá. Além disto, confirmaram que o voto que eles deram no dia 07 de outubro foi computado.

Leia mais:
Apresentador de TV afirma que foi ameaçado de prisão por contestar falha em urna; vídeos
 
Na ocasião, pelo menos um deles chegou a ser encaminhado pela Polícia Militar por estar fazendo tumulto em um dos locais de votação, localizado no Instituto Federal de Mato Grosso (IFMT), em Cuiabá.
 
Eles foram recebidos na Casa da Democracia pela juíza da 55ª Zona Eleitoral, Célia Vidotti, pelo diretor geral do TRE, Nilson Bezerra, pelo secretário de Tecnologia da Informação, Luiz Darienzo, e pela chefe do cartório eleitoral, Andrea Noronha.
 
Os três eleitores disseram ficar convencidos de que seus votos foram devidamente computados para seu candidato a presidente, durante o 1º turno das eleições, realizado no dia 7 de outubro. “Pelo boletim de urna eu vi que, de fato, meu voto está lá, computado”, disse o eleitor Eduardo Carvalho.
 
O boletim de urna não aponta quem votou em quem, visto que o voto é secreto, mas mostra quantos eleitores votaram naquele equipamento, e quantos votos cada candidato recebeu. “Eu agora sei que meu voto foi computado. Mas quero participar mais, quero contribuir para que a eleição aconteça sem problemas, com bastante orientação aos eleitores. Por isso já me inscrevi para trabalhar voluntariamente no dia do segundo turno, como coordenadora de prédio”, disse a eleitora Cristiane Botelho.
 
O diretor geral, Nilson Fernando Gomes Bezerra, explicou aos eleitores os vários procedimentos adotados pela Justiça Eleitoral no que diz respeito à auditoria das urnas eletrônicas. Entre outras explicações, ele ressaltou que, em 22 anos de uso da urna eletrônica, nunca houve comprovação de fraude e, tampouco questionamento formalizado acerca do processo eletrônico de votação, por parte dos partidos políticos.
 
A visita, que durou cerca de três horas, teve o objetivo de dirimir dúvidas quanto a ocorrências registradas no 1º turno de votação, quando estes eleitores questionaram o funcionamento das urnas como equipamento capaz de traduzir a real vontade do eleitor.
 
“Isso é o exercício pleno da cidadania. Exercer a cidadania e estimular a democracia não é apenas votar. É questionar, participar, acompanhar, fiscalizar. Estes eleitores estão de parabéns e dão um exemplo inclusive para os representantes de partidos políticos que, embora sejam convidados para acompanhar de perto todos os trabalhos da Justiça Eleitoral, não costumam comparecer, com raras exceções”, disse o presidente do Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso, desembargador Márcio Vidal.
 
O secretário de Tecnologia da Informação, Luiz Darienzo, detalhou os procedimentos de checagem do software utilizado na urna eletrônica, que fica à disposição dos partidos políticos por 150 dias antes do procedimento de lacre.  Ele também explicou as várias barreiras de segurança do programa utilizado no processo eletrônico de votos e de apuração de votos, que impedem qualquer tipo violação ou alteração do resultado. A urna sequer é ligada na internet, motivo pelo qual não se pode falar em ataque bem sucesso, por hackers, a esse equipamento.
 
 Os eleitores também visitaram o Memorial da Justiça Eleitoral, que traz exemplares das urnas desde os tempos do Brasil colônia, até os dias atuais. Nesse espaço, conheceram uma antiga urna eletrônica, que já foi utilizada para colher o voto com um comprovante impresso (que não era entregue ao eleitor) e receberam informações sobre a evolução do processo eletrônico de votação no país.

25 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • kalina
    18 Out 2018 às 14:54

    Trabalhei em 4 eleiçoes como mesaria... que eu saiba nao tem como confirmar quem votou em quem... realmente aparece numeros de eleitores q votaram e cada voto q o candidato recebeu.... mais quem garante q é meu voto???

  • Amaury Junior
    18 Out 2018 às 14:36

    A vergonha é no débito ou no crédito!

  • Jorge1
    18 Out 2018 às 14:02

    O TRE poderia ter evitado tudo isso, se demonstrasse via mídia como realmente funciona a urna eletrônica, bem como deveria treinar adequadamente as equipes por seção eleitoral, uma vez que eles não sabem responder perguntas básicas, ficam nervosos por nada e tratam mal o eleitor.

  • ZE NINGUEM
    18 Out 2018 às 10:09

    REPITO O MEU COMENTARIO QUE FIZ NO DIA DESSA BAGUNCA: "EU ACREDITO MAIS DA BURRICE DO ELEITOR BRASILEIRO DO QUE NA INSEGURANÇA DA URNA". ENTENDAM COMO BEM QUISEREM.

  • Raquel
    18 Out 2018 às 09:55

    Ele devia fazer um vídeo de novo, pedindo desculpas e esclarecendo o ocorrido pois o escândalo que ele e outros fizeram foi um desrespeito à democracia ao desqualificar o trabalho de muita gente séria. Esse senhor adora aparecer, por onde passa, isso sim! E provavelmente foi ele que errou na hora de votar...

  • Raquel
    18 Out 2018 às 09:55

    Ele devia fazer um vídeo de novo, pedindo desculpas e esclarecendo o ocorrido pois o escândalo que ele e outros fizeram foi um desrespeito à democracia ao desqualificar o trabalho de muita gente séria. Esse senhor adora aparecer, por onde passa, isso sim! E provavelmente foi ele que errou na hora de votar...

  • MAURO VG
    18 Out 2018 às 08:58

    Nisso que dá acreditarem no candidato "Fake", estão sendo manipulados o tempo todo e não se emendam! parecem àqueles zumbis do seriado "the walding dead", escutam um barulho e seguem para o precipício sem medo! isso é muito bom, quem sabe assim aprendem a votar direito e leiam mais jornais, revistas e assistam jornais que não se venderam para a direita ultrarradical! caso o Fake ganhe, preparem o lombo, ele não vai distinguir quem votou nele ou não, o coro vai comer solto! e eu vou assistir de camarote e rir muito!

  • MAURO VG
    18 Out 2018 às 08:49

    O que o pseudo apresentador fez, foi orquestrado pela campanha do candidato que ele votou, para tentar desqualificar a urna eletrônica, caiu do cavalo! mais um que acredita em fake news, pior é que se diz esclarecido! isso é muito perigoso, pois as pessoas que são formadoras de opinião não podem contribuir para a desestabilização do sistema eleitoral! como disse acima, isso faz parte de uma campanha orquestrada pela campanha daquele que diz não acreditar no voto eletrônico e tenta a todo custo induzir os eleitores ao erro, disseminando fake news! a justiça eleitoral deve ficar atenta ao que está acontecendo no país, pois a divulgação de notícias falsas deve ser combatida com veemência, caso contrário, o presidente eleito não será legitimado! Aos eleitores, cabe verificarem antes se a mensagem é verdadeira ou falsa, sabemos que a decepção com o PT é muito grande, mas devemos ponderar se realmente votar em um candidato que só fala através de mensagens gravadas em facebook, twitter e wathsapp é o melhor para o Brasil, não dá para governar por aplicativo de mídias sociais!

  • Apolo
    18 Out 2018 às 08:30

    Vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros. Queira por favor refazer seu comentário e reenviá-lo.

  • Grazi
    18 Out 2018 às 07:30

    Muito alarde por nada, quis aparecer isso sim, está sumido da mídia , aí foi chamar atenção né, até no instagram do Zezé de Camargo foi parar, conseguiu seus 15 minutinhos de fama, desocupado de plantão

Sitevip Internet