Olhar Direto

Domingo, 20 de setembro de 2020

Notícias / Cidades

Arsec define nova tarifa e valor de passagens de ônibus chega a R$ 4,10 a partir de quarta-feira

Da Redação - Vinicius Mendes

01 Jan 2019 - 10:06

Foto: Rogério Florentino Pereira/ Olhar Direto

Arsec define nova tarifa e valor de passagens de ônibus chega a R$ 4,10 a partir de quarta-feira
A nova tarifa de R$ 4,10, para o transporte coletivo na capital, definida pela Agência Municipal de Regulação dos Serviços Públicos Delegados de Cuiabá (Arsec), passa a ser aplicada a partir de 00h desta quarta-feira (1). O reajuste foi de 6,7%.
 
Leia mais:
Arsec deve se basear em parâmetros técnicos para definir nova tarifa de ônibus, diz Emanuel
 
Em uma reunião na última segunda-feira (31), a Arsec  definiu o novo preço da tarifa do transporte coletivo em Cuiabá. Para chegar este valor foi realizado um estudo, que leva em conta cálculo dos custos do sistema de transporte da capital, que foram somados em grupos dos principais insumos, denominados: combustível, veículos, mão de obra e outras despesas. O reajuste proposto, e agora aprovado, foi de 6,7%.
 
A definição do valor da tarifa não é mais responsabilidade do chefe do Executivo. O prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB), já havia dito que, apesar de não definir o preço, irá exigir que na nova licitação para o transporte coletivo seja estipulado um prazo para que a frota de ônibus na capital seja renovada.
 
“Eu determinei uma nova licitação, eu quero que ela defina um prazo para que todos os ônibus de Cuiabá sejam os mais novos possíveis, todos com ar condicionado, com uma idade média da frota em um valor mínimo, com todos os ônibus com ar condicionado, todos os ônibus adaptado à pessoa com deficiência, bem como o prazo, que deve ser estabelecido no edital, também para que toda a frota seja gradativamente trocada para a de energia limpa, de preferência com ônibus elétricos”.
 
O aumento no valor da passagem de ônibus pode gerar revolta para aquelas que dependem diariamente do transporte público e questionam a qualidade dos serviços prestados. No entanto, pesquisa encomendada pela Arsec e divulgada pela Prefeitura de Cuiabá aponta que para quase 60% dos cuiabanos o transporte na Capital melhorou no último ano. Apenas 9,60% dos cuiabanos acredita que o transporte coletivo piorou, enquanto outros 33,66% consideram a situação indiferente.
 
O titular da Secretaria de Mobilidade Urbana (Semob), Antenor Figueiredo, explica que o levantamento é realizado anualmente desde 2016 e que seus resultados ajudam a nortear as ações para o setor.
 
Além disso, os números são considerados durante a elaboração da licitação para contratação de empresas de ônibus, que será lançado ainda neste ano. “O contrato firmado com as empresas que atuam hoje não atende mais as demandas da Capital, então, mesmo que elas participem da licitação novamente, terão que se adequar a estas especificidades”, afirma.
 
O levantamento foi realizado entre nove e 19 de julho de 2018, por meio de entrevistas presenciais com 1.509 pessoas, em 32 linhas de ônibus diferentes. Os passageiros foram ouvidos dentro dos veículos e por diferentes pontos de ônibus na Capital. A margem de erro é de 3% para mais ou para menos.
 

Comentários no Facebook

Sitevip Internet