Olhar Direto

Notícias / Cidades

Força-tarefa prende seis por envolvimento em incêndio de viatura da polícia em delegacia

Da Redação - Fabiana Mendes

22 Mai 2019 - 15:44

Foto: Divulgação - PMMT

Força-tarefa prende seis por envolvimento em incêndio de viatura da polícia em delegacia
Uma força-tarefa entre policiais militares e civis de Mato Grosso e Goiás prendeu, nesta quarta-feira (22), seis suspeitos de atuarem no ataque a uma viatura TrailBlazer do Grupo Armado de Repressão a Roubos e Assaltos (Garra), da Polícia Civil, ocorrido na madrugada da última sexta-feira (17), na delegacia da cidade de Água Boa (a 730 quilômetros de Cuiabá).

Segundo apuração da Polícia Civil, o incêndio teria sido provocado por suposta represália da intensificação das ações policiais contra integrantes de facção criminosa na região.

Leia mais:
Integrantes de facção criminosa, menores ateiam fogo em viatura da Polícia Civil; veja vídeo

De acordo com o 5º Comando Regional da PM, os adolescentes J.A. L e J.S.A., ambos com 15 anos, foram flagrados por uma equipe da PM-GO, em um Corolla (placas NVW-0878). Abordados, os menores confirmaram que seriam os autores do crime e, apontaram a participação de outros envolvidos em outras ocorrências na região.
 
Em posse dessas informações, os policiais militares solicitaram apoio. Ao chegarem ao local indicado, os policiais viram outros suspeitos correndo pelos fundos da residência. Depois de um cerco, outros quatro suspeitos foram detidos. São eles: E.P.P. J, de 24 anos, F.A.S. S, de 21, D.J.E. S, de 15 e R.L. S, de 14.
 
Na residência, os policiais aprenderam porções de maconha, duas balaclavas, dois pares de luvas, uma marreta, fitas abraçadeira conhecida enforca-gato, além de vários invólucros de plásticos, usados para o armazenamento de drogas. Conforme a PM, o Corolla estaria envolvido em um crime de roubo seguido de estupro, ocorrido no município.
 
Os adolescentes J.A. L e J.S. A. foram entregues na Delegacia de Polícia. Os suspeitos E.P.P. J e F.A.S. S foram autuados em flagrante pelo crime de tráfico de drogas e encaminhados para a Cadeia Pública de Aragarças. Já os outros dois menores R.L. S e D.J.R. S foram entregues ao Conselho Tutelar.

Represálias

A viatura da Polícia Civil estava no estacionamento da delegacia. O vídeo registrado pelo sistema de monitoramento mostra dois suspeitos encapuzados. A ação criminosa é rápida e dura cerca de 30 segundos. Depois de atear fogo, a dupla foge correndo. 



Um dos menores envolvido no crime teria sido abordado na quinta-feira (16), na companhia de mais três infratores, por suspeita de tráfico de drogas. Com eles não foram encontradas drogas, mas o menor de 15 anos acabou sendo conduzido à Delegacia para prestar esclarecimento referente a um aparelho celular sem procedência encontrado com ele. O suspeito já teria sido apreendido em várias ocasiões por tráfico de drogas, roubos, ameaças a policiais e outros delitos. 

Após ser ouvido, ele foi liberado, mas deixou a Delegacia proferindo ameaças aos policiais e seus familiares. Na madrugada, houve o incêndio da viatura policial.A Polícia Civil apurou que o menor estava monitorando a viatura que geralmente fica guardada na Delegacia Regional, que fica no mesmo bairro, mas em outra quadra. O menor foi visto rondando a localidade e depois a Delegacia Municipal.

Veja o vídeo:


 

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

Sitevip Internet