Olhar Direto

Sexta-feira, 25 de setembro de 2020

Notícias / Cidades

Servidora de Várzea Grande morre após ser atropelada na Couto Magalhães

Da Redação - Isabela Mercuri

18 Ago 2019 - 10:13

Foto: Reprodução / Facebook

Lucia Campos

Lucia Campos

A servidora da prefeitura de Várzea Grande, Lucia Campos, 50, morreu no último sábado (17), quinze dias após ter sido atropelada na Avenida Couto Magalhães. Ela estava internada no Pronto Socorro, chegou a melhorar e, doze dias depois do acidente, chegou até a andar sozinha no quarto. No entanto, complicações no quadro de saúde levaram a seu falecimento.

Leia também:
Mulher de 33 anos morre após tombamento de carreta que dirigia

O acidente aconteceu no dia 2 de agosto, sexta-feira. Ela e a filha foram atropeladas enquanto atravessavam, na faixa de pedestres, na Avenida Couto Magalhães, próximo à Praça Aquidaban. A filha quebrou dois dentes, machucou o queixo e ficou com hematomas nas duas pernas.

Lucia chegou a ser socorrida e precisou passar por uma cirurgia para retirada do baço devido a uma hemorragia interna. Ela ficou na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) em observação por alguns dias, e depois foi liberada para o quarto. A vítima também aguardava para passar por outra cirurgia, no ombro. No entanto, no último sábado, o quadro de saúde sofreu complicações e ela veio a falecer.

Outra filha de Lucia, Vitoria Bettiol, que não estava presente no acidente, publicou em suas redes sociais que o velório da mãe acontece na Capela da Funerária Santo Antônio, em Várzea Grande, e o enterro está previsto para as 15h. Lucia era Técnica de Desenvolvimento Infantil (TDI) na Escola Emeb Luis Reveles Pereira, no bairro Portal da Amazônia, em Várzea Grande. 

Comentários no Facebook

Sitevip Internet