Olhar Direto

Notícias / Cidades

Crianças pedem ajuda para a PM após verem a mãe sendo agredida pelo esposo

Da Redação - Thaís Fávaro

21 Ago 2019 - 08:23

Foto: Rogério Florentino/ Olhar Direto

Crianças pedem ajuda para a PM após verem a mãe sendo agredida pelo esposo
Duas crianças, que não tiveram as idades reveladas, foram até a base da Polícia Militar na madrugada desta terça-feira (20), no bairro Três Barras, em Cuiabá, para pedir ajuda, já que a mãe deles estava sendo agredida pelo esposo, identificado como L.M.C.C., de 34 anos. O suspeito teria puxado a mulher pelos cabelos no meio da rua. O boletim de ocorrência não diz se as crianças são filhas do suspeito.

Leia mais
Embriagada, mulher dá tijolada no marido e tenta esfaqueá-lo
 
De acordo com o boletim de ocorrência, com base na denúncia feita pelas crianças, os policiais foram até o endereço passado por elas e ao questionarem a vítima ela confirmou para a equipe que seu esposo havia chegado em casa embriagado e sem nenhum motivo aparente, exigiu que ela lhe desse dinheiro.

Após uma breve discussão, o suspeito começou a ameaçá-la dizendo palavras de baixo calão, até que ela entregou o dinheiro. Momentos depois, o suspeito começou a gritar com ela, que tentou sair de casa para procurar ajuda, mas o suspeito a puxou pelos cabelos na rua.

Ao ser questionado sobre o que teria ocorrido, o suspeito tentou agredir os policiais e precisou ser algemado. Ele foi conduzido para a Central de Flagrantes para as providências que o caso requer.

A Polícia Civil acompanha o caso.

6 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • mary
    21 Ago 2019 às 16:00

    ??????????

  • mary
    21 Ago 2019 às 13:14

    Sr. MARCIO Benedito de moraes talvez é pq o sr. faz o mesmo o que esse moço fez com essa mulher.

  • mary
    21 Ago 2019 às 13:10

    sr. Marcio ! sem julgamento por favor!!! se ela fez alguma coisa ou não ,isso não da o direito dele bater nela. se alguém bater no sr.Marcio é pq o sr.fez algo???? menos violência por favor contra o ser humano

  • Maike
    21 Ago 2019 às 10:35

    Ele colocou a vida da mulher e dos filhos em risco, teria que ser morto por um sniper da PM, igual o rapaz do Rio, ontem.

  • Willian
    21 Ago 2019 às 10:30

    O cara não leu a reportagem ou simplesmente não sabe interpretação de texto. Mas te dou um breve sr. "Márcio": O sujeito chegou em casa bêbado, agrediu a mulher por que queria dinheiro fácil, as crianças chamaram a PM, que ao questioná-lo das agressões, pensou que a PM também seria passível de agressão, tentou fazer o mesmo, precisando certo contido com força (que na minha opinião deveria receber um corretivo bem dado), foi algemado e levado para DP. Sendo assim, acusar a mulher de provocar a agressão por arte do bêbado machão, não justifica. Reflita.

  • Márcio Benedito de Moraes
    21 Ago 2019 às 08:42

    Alguma coisa ela fez com certeza