Olhar Direto

Domingo, 22 de setembro de 2019

Notícias / Política MT

Mauro Mendes vai a Brasília se reunir com Bolsonaro para tratar sobre liberação do FEX

Da Redação - Vinicius Mendes

23 Ago 2019 - 08:30

Foto: Rogério Florentino / Olhar Direto

Mauro Mendes vai a Brasília se reunir com Bolsonaro para tratar sobre liberação do FEX
Atendendo pedido do deputado federal José Medeiros (Pode), o presidente Jair Bolsonaro (PSL) vai se reunir com o governador Mauro Mendes (DEM) e a bancada federal de Mato Grosso no próximo dia 29 de agosto, às 8h30, no Palácio do Planalto. No encontro, será discutida a moratória da soja, a situação do agronegócio em Mato Grosso, a liberação dos recursos do FEX (Fundo Estadual de Auxílio à Exportação) e a inauguração da Universidade Federal de Rondonópolis.
 
Leia mais:
Paulo Guedes condiciona pagamento do FEX a novas reformas e promete R$ 1 bi a MT, diz Jayme
 
“Vamos reunir com o presidente Bolsonaro para um café da manhã e apresentar as principais demandas de Mato Grosso. Além da não aprovação da moratória da soja produzida no Cerrado, vamos solicitar agilidade no processo de liberação dos recursos do FEX. Mato Grosso precisa desse recurso para equilibrar as contas públicas. O governador Mauro Mendes já confirmou participação na reunião, como também toda a bancada federal”, explicou Medeiros, que ocupa a vice-liderança do governo Bolsonaro na Câmara Federal.
 
O presidente da Associação dos Produtores de Soja e Milho de Mato Grosso (Aprosoja-MT), Antonio Galvan, também vai participar da reunião com o presidente da República.
 
Moratória
 
Medeiros lembrou que recentemente denunciou na tribuna da Câmara Federal a ação de organismos internacionais que estão procurando impedir a expansão da produção agrícola nacional e diminuir a competitividade do Brasil no mercado internacional com a criação da moratória da soja no Cerrado brasileiro.

Segundo o deputado, a moratória da soja, que propõe não financiar ou comercializar soja produzida no Cerrado, não é uma ação para preservar o meio ambiente, mas sim para prejudicar Mato Grosso e o Brasil.
 
“Vamos levar ao presidente Bolsonaro a preocupação do setor produtivo de Mato Grosso com o movimento internacional para coibir o desenvolvimento da agricultura. Esse movimento vem travestido de moratória da soja. Eles estão dando milhões de dólares a tradings para que elas não comprem soja produzida no Cerrado brasileiro, em propriedades que estão legalizadas e que não cometem nenhuma irregularidade ambiental”.
 
FEX
 
O FEX é um auxílio concedido a estados e municípios para o estímulo às exportações, em compensação ao que é desonerado pela Lei Kandir. O montante de R$ 1,950 bilhão é eventual e normalmente transferido no último trimestre de cada ano, mas não vem sendo cumprido de maneira regular desde 2014.
 
O senador Jayme Campos (DEM) afirmou que Mato Grosso deverá receber até o dia 20 de dezembro cerca de R$ 1 bilhão, referente aos recursos do Auxílio Financeiro para Fomento das Exportações (FEX) que estão em atraso. A garantia, conforme o parlamentar, foi dada pelo ministro da Economia Paulo Guedes, que voltou a condicionar a transferência da verba ao apoio do Congresso na aprovação das reformas propostas pelo Governo Federal.
 
A possibilidade do pagamento do FEX, na medida em que as reformas do Governo forem aprovadas, já havia sido anunciada pelo senador Wellington Fagundes (PR). Relator do projeto, o parlamentar destacou, na ocasião, que a Reforma Tributária irá impedir e uma 'guerra fiscal' entre os estados e possibilitar o fim da Lei Kandir.

2 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • CHIRRÃO
    23 Ago 2019 às 09:33

    MILHÕES E MILHÕES COM VIAGENS AEREAS.....PRA ISSO TEM TELEFONE, ALÉM DE DEPUTADOS E SENADORES..CHEGA DE JOGAR DINHEIRO FORA.

  • INDIGNADA COM ENSINO FRACO
    23 Ago 2019 às 08:38

    GOVERNARDOR MAURO MENDES AS CRIANÇAS NÃO ESTÃO PODENDO LEVAR OS LIVROS PRA CASA E TEM QWUE COPIAR TUDO, QUE PERVERSIDADE , O LIVRO É O BÁSICO É ESSENCIAL CADÊ O SECRETARIO DE EDUCAÇÃO É MARIONEIDE ANGELICA ?? QUE NÃO VÊ ISSO ?? ,O SENHOR TOME UMA PROVIDENCIA URGENTE !!

Sitevip Internet