Olhar Direto

Sexta-feira, 06 de dezembro de 2019

Notícias / Variedades

Bingos regulamentados por liminar atrapalham as atividades beneficentes

Da Assessoria

12 Set 2019 - 10:13

Alguns órgãos de atividade beneficente estão com problemas em exercer seu trabalho de arrecadação, graças as atividades dos bingos ilegais. Não é novidade que estes estabelecimentos não possuem permissão legal, mas alguns deles, em grande maioria em cidades de menor movimentação, possuem o aval de uma liminar.

Atualmente, somente os estabelecimentos virtuais, com sede fora do Brasil, podem atuar pela internet. Esses são lícitos e contam com um grande número de adeptos, entre as modalidades mais jogadas estão: Vídeo bingo gratuito, bingo tradicional, pôquer, roleta e caça-níquel.

Na Bahia, o bingo Savanah trabalha há quase uma década com um aval emitida pelo governo estadual. A pouco, o local teve seu funcionamento interditado, mas em seguida a decisão foi anulada.

Os advogados do Savanah encontraram uma pequena brecha em meio as proibições do Brasil. Nela o sorteio de bingo de cartela não é considerada ilegal, assim como os bingos beneficentes e a pratica deve ser liberada por uma exceção.

Assim como o bingo de Salvador, outras empresas atuam dentro de avais, enquanto as entidades tentam mostrar a importância de seu trabalho filantropo, que atualmente auxilia até nos atendimentos do SUS (Sistema Único de Saúde) e em diversos outros serviços importantíssimos.

Elas são o arrimo de diversas instituições de suma importância, entre elas estão o Hospital do Câncer de Barretos e a Associação Nacional para Salvar Vidas, que possui mais 18 associadas em território nacional.

A Justiça libera somente os bingos filantrópicos realizados pelas normas da Filantropia Premiável, que regula essas atividades. Os eventos ilegais usam as brechas de lei para angariarem fundos para premiação e manutenção de suas localidades.

Esses atos contribuem para que demais organizações filantrópicas não consigam alcançar suas metas, tal problema pode afetar toda a população. Pode não parecer, mas boa parte do sistema de saúde é cuidado por voluntários, isso diz respeito a pessoas que auxiliam para aumentar as possibilidades não viabilizadas pelo dinheiro público.

Infelizmente os participantes desses eventos não tem como descobrir a procedência das arrecadações e tramites legais, mas podem verificar as atividades vinculadas aos nomes dessas instituições de caridade.

Já os jogadores dos bingos convencionais movimentam a internet, eles realizam apostas de todos os valores e jogam em concorrência com pessoas sediadas pelo mundo todo. Essa atividade não angaria impostos para os cofres nacionais, mas é totalmente lícita.

Ela é disponibilizada por empresas idôneas e com sedes em diversos países, onde os jogos são legalizados. Muitas delas direcionam os jogos diretamente para o público brasileiro, assim modificam seus portais de acordo com a preferência desses.

Essa é uma maneira segura e moderna, que pode ser aproveitada com toda a segurança. As companhias, de maior confiança, possuem um ambiente totalmente monitorado, onde os dados bancários e pessoais são mantidos em sigilo.

Suas operações são controladas por órgãos competentes e vigoram com transparência, isso inclui o resultado dos jogos.  Em breve o Brasil, deve liberar todas as modalidades de jogos de apostas, graças a Proposta de Lei que circula em Brasília.
Essa mudança vai empregar milhares de pessoas, aumentar a circulação do turismo e ainda movimentar a geração de impostos para o setor.
Sitevip Internet