Olhar Direto

Sexta-feira, 21 de fevereiro de 2020

Notícias / Cidades

Dois são presos por morte de homem encontrado carbonizado; vítima atuava em facção

Da Redação - Patrícia Neves

21 Jan 2020 - 08:21

Foto: Divulgação

Dois são presos por morte de homem encontrado carbonizado; vítima atuava em facção
A Polícia Civil em Sinop (500 km ao norte de Cuiabá) esclareceu o homicídio de um rapaz encontrado carbonizado dentro de um veículo no início de dezembro, no município. Duas pessoas estão presas por suspeita de envolvimento no crime. Um foi preso no interior do Paraná e o outro nesta segunda-feira (20), em Sinop.

Leia Mais:
Mulher tem dente quebrado por seguranças após ser chamada pelo DJ para dançar em palco

No dia 7 de dezembro passado, a Polícia Civil foi acionada após a localização de um veículo modelo Renault Clio, na estrada Monaliza, zona rural de Sinop, com um corpo carbonizado no interior. No local de crime compareceu a mãe da vítima informando que o veículo era de sua propriedade e que seu filho Augusto Marinhos Ferreira, 20 anos, estava desaparecido desde o dia anterior. A mulher certificou aos policiais que o corpo era do rapaz.

Após diligências coordenadas pelo delegado Carlos Eduardo Muniz, a equipe esclareceu que a vítima teria sido morta na casa de um dos suspeitos, com disparos de arma de fogo e golpes de arma branca. Posteriormente, com a ajuda de um comparsa, o suspeito colocou o corpo dentro do veículo e levou até a estrada rural onde foram encontrados carbonizados.

Conforme apuração, a vítima integrava uma organização criminosa e tinha uma extensa ficha criminal por homicídios e roubos. Em um desses crimes houve desentendimento entre o grupo, o que gerou a consequente execução, de acordo com assessoria da Polícia Civil.

O principal suspeito do homicídio de Augusto Marinhos foi preso na cidade de Foz do Iguaçu, interior do Paraná, após trabalho integrado entre a Divisão de Homicídios da Polícia Civil de Sinop e a 6ª Divisão policial daquele município. O suspeito preso no Paraná tem várias passagens pela polícia.

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.