Olhar Direto

Terça-feira, 02 de junho de 2020

Notícias / Cidades

Homem tem braço amputado e morre em acidente entre SW4 e carreta

Da Redação - Wesley Santiago

19 Fev 2020 - 08:36

Foto: Celso Nery/TV Figueira e reprodução

Homem tem braço amputado e morre em acidente entre SW4 e carreta
Um homem, ainda não identificado, morreu na noite da última terça-feira (18), após se envolver em um grave acidente entre uma SW4 e uma carreta, na BR-163, próximo a Lucas do Rio Verde (332 quilômetros de Cuiabá). Outra pessoa que estava com ele foi socorrida em estado leve pelas equipes da Concessionária Rota do Oeste.

Leia mais:
Homem fica gravemente ferido ao colidir XRE em trator na avenida das Torres
 
Segundo as informações da concessionária, o acionamento das equipes ocorreu próximo das 19h30. A SW4 seguia pela rodovia federal, quando colidiu na traseira da carreta, saiu da pista e capotou.
 
Os dois ocupantes da SW4 foram atendidos pela equipe de resgate da Rota do Oeste e encaminhados para uma unidade de saúde. Um homem teve o braço amputado e não resistiu aos ferimentos. O outro ferido estava em estado leve.
 
O condutor da carreta não sofreu ferimentos e assinou termo de recusa de encaminhamento médico. Não houve intervenção no fluxo de veículos, já que a SW4 parou fora da pista.
 
Segundo as informações iniciais, a SW4, com placas de Sinop, seguia no sentido sul. A carreta tinha placas de Lucas do Rio Verde.

4 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Thompson
    19 Fev 2020 às 15:38

    Não tem outra explicação. Certeza que a causa deste acidente foi imprudência. Quem tem esses carros potentes geralmente corre mais que os outros veículos. É aí que mora o perigo.

  • Realista
    19 Fev 2020 às 10:22

    Infelizmente essa é uma realidade mais recorrente nas estradas de mato Grosso, onde os carros pequenos e outros particulares concorrem com carretas dirigidas quase sempre por motoristas cansados e mal pagos, sem falar do estado sofrível dessas rodovias. Essa é a verdadeir tragédia por falta de ferrovias para escoar a produção daqui para os portos, que faria com que os preços desses produtos chegassem mais em conta no mercados nacional e internacional, como também poucas perdas e mais segurança para todos.

  • Cramulhão
    19 Fev 2020 às 09:51

    Há dois valores na manchete. Como a vida é bem maior, não precisava citar a amputação do membro da vitima, bastava citar sua morte. O dano maior anula o menor.

  • Jão
    19 Fev 2020 às 09:51

    Até quando o Governo Federal e nossos deputados ficarão em silêncio sobre essas mortes em rodovia com PEDÁGIO.. Alguém tem que fazer alguma coisa, se depender da Rota Oeste NUNCA essa rodovia será duplicada... Talvez se morrer algum figurão, aí sim vão se mexer...

Sitevip Internet