Olhar Direto

Quarta-feira, 08 de julho de 2020

Notícias / Política MT

Crescimento de casos confirmados do Covid-19 no Brasil entra em queda; MT registra aumento

Da Redação - Érika Oliveira

25 Mar 2020 - 17:10

Foto: Divulgação/OMS

Crescimento de casos confirmados do Covid-19 no Brasil entra em queda; MT registra aumento
O primeiro caso confirmado de coronavírus pela Secretaria de Estado de Saúde em Mato Grosso foi registrado no dia 19 de março. De lá para cá, este número subiu para 9 casos confirmados e 269 suspeitos da Covid-19 entre os mato-grossenses. A boa notícia é que no restante do País, desde o início das ordens de quarentena, houve uma queda no volume de crescimento de infectados pela doença. 

Leia mais: 
"Vamos continuar a restringir convívio social", diz Mendes após crítica de Bolsonaro em cadeia nacional 

Conforme os dados divulgados pelo Ministério da Saúde, na última quinta-feira (19) - dia em que Mato Grosso confirmou seu primeiro caso de coronavírus - o Brasil tinha 621 casos confirmados de Covid-19 em todo o território nacional.  

De quinta-feira para sexta-feira (20), o número de casos confirmados subiu para 904, ou seja, 283 novos. De sexta-feira para o sábado (21) tivemos a primeira queda na expansão da doença, quando o Brasil registrou 224 novos casos.  

De sábado para domingo (22), no entanto, os casos voltaram a subir e o País confirmou 1.546 pacientes infectados com a doença, um avanço de 418 novos casos. 

Desde a semana passada governadores e prefeitos têm determinado uma série de restrições para conter o avanço no coronavírus no Brasil. E ainda que não seja possível afirmar com certeza de que a a quarentena imposta venha surtindo os resultados esperados, fato é que desde o domingo os números confirmados de Covid-19 voltaram a cair. 

Novo boletim divulgado pelo Ministério da Saúde no início da semana revelou que de domingo para segunda-feira (23) o Brasil registrou 345 novos casos, 73 a menos que no dia anterior. De segunda-feira para terça-feira (24) nova queda, com 310 novos casos confirmados.

No final da tarde desta quarta-feira (25), segundo os ultimos números apurados pelo Governo, o País contabilizou 2.433 casos confirmados de cornavírus, ou seja, 232 novos casos de pessoas infectadas.

É importante ressaltar que, apesar do resultado positivo na média entre os dias, o País continua registrando aumento no número de pacientes infectados. Para conter o avanço da doença, é fundamental seguir as recomendações dos organimos de Saúde e permanecer em isolamento social.

No caso de Mato Grosso, observa-se um aumento tanto no número de casos confirmados, como no número de casos suspeitos. O Estado, porém, guarda uma particularidade: até a semana passada, os exames para detectar coronavírus em mato-grossenses precisavam ser enviados para São Paulo e demoravam cerca de 7 dias para ficarem prontos. 

Desde a última semana, laboratórios locais foram credenciados e os testes agora apresentam resultados entre 24h e 72h. O crescimento no número de casos, portanto, segundo defende a Secretaria de Saúde, já era esperado.  

De acordo com os dados oficiais do Governo, na quinta-feira Mato Grosso tinha um caso confirmado e 59 suspeitos, na sexta-feira o número de casos confirmados se manteve e o de suspeitos subiu para 73. No sábado o Estado confirmou o segundo caso e atualizou o número de suspeitos para 123.  

Na segunda-feira, em coletiva de imprensa, o secretário de Saúde, Gilberto Figueiredo, informou que com a mudança na logística dos testes, o Estado tinha confirmados 6 novos casos de coronavírus e 210 casos sob investigações. Na terça-feira, novo boletim confirmou o sétimo caso da doença em Mato Grosso e atualizou para 269 o número de casos suspeitos. 

Já na tarde desta quarta-feira, o Governo disponibilizou o ultimo levantamento dos casos em Mato Grosso e, até o momento, o Estado contabiliza 9 casos confirmados de Covid-19 e 326 casos sob investigação.

Crise com Bolsonaro 

Nesta terça-feira, um pronunciamento de Jair Bolsonaro (sem partido) em rede nacional de televisão provocou reações negativas entre as principais lideranças políticas do País. Em seu discurso, o presidente criticou medidas de isolamento e quarentena tomadas por governos estaduais no combate ao coronavírus.  

Um dos mais adiantados no enfrentamento à doença no País, o governador Mauro Mendes (DEM) evitou polêmica e, numa nota breve, destacou a importância da economia, mas manteve todas as restrições de convívio social impostas no Estado. 

As ações de isolamento são recomendações de autoridades sanitárias, como a Organização Mundial da Saúde (OMS). Em vários estados do Brasil, como por exemplo em Mato Grosso, os gestores locais se adiantaram e determinaram, via decretos, o fechamento temporário do comércio, de escolas e de serviços não-essenciais para evitar o avanço do vírus.

5 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Reginaldo
    27 Mar 2020 às 05:50

    Acredito seriamente que até 15-20 de abril teremos mais resultados sobre a tal da Cloroquina e aí esse Covid terá tratamento assim como as demais gripes. Para nosssa sorte países desenvolvidos tiveram seu “pico” antes de nós, o que os força a encontrar tratamento... Vamos nos cuidar, isolar as pessoas do grupo de risco e COM CUIDADO vamos voltar ao trabalho... a máquina não pode parar...

  • Observo
    26 Mar 2020 às 09:59

    Ser humano é engraçado, muitos não cuidam da saúde comendo porcarias, bebendo, fumando, usando drogas, não fazendo atividades físicas, não indo ao médico para check up anual, transam sem preservativos, dirigem alcoolizados entre outras, ou seja sempre colocando -se em risco de morte. Agora estão com medinho de um gripezinha? Taxando o presidente de louco, façam me favor né, bora trabalha povo!

  • Vinicius
    26 Mar 2020 às 08:48

    Só lembrando, que estão fazendo o teste apenas em pessoas com os sintomas graves.

  • Ela
    26 Mar 2020 às 04:54

    A maioria desses casos dará negativo. MT está bem, voltemos ao trabalho, com as devidas precauções.

  • To the supporter
    25 Mar 2020 às 17:49

    Precisa se informar mais sobre as estatísticas da covid19 a nível de Brasil.

Sitevip Internet