Olhar Direto

Notícias / Política MT

Prefeito dispensa licitação e paga R$ 595 mil em testes rápidos do coronavírus

Da Redação - Arthur Santos da Silva

31 Mar 2020 - 16:59

Foto: Rogério Florentino/ Olhar Direto

Prefeito dispensa licitação e paga R$ 595 mil em testes rápidos do coronavírus
O Diário Oficial que circula nesta terça-feira (31) traz informações sobre quatro dispensas de licitações realizadas pelo município de Rondonópolis (212 km de Cuiabá). Uma delas, no valor de R$ 595 mil, contrata a empresa Dihol Distribuidora Hospitalar para aquisição de testes rápidos do novo coronavírus (Covid-19). As quatro contratações totalizam R$ 960 mil.

Leia também 
Mauro defende quarentena “meio termo”: nem o que Bolsonaro quer, nem fechar tudo


A dispensa de licitação 23/2020 contrata a empresa Biomedic Equipamentos Eletrônicos Médico Hospitalares para aquisição de ventiladores pulmonares. O valor contratado é de R$ 152 mil.
 
A dispensa de licitação 45/2020 faz a contratação da empresa SC Medical Comercio e Serviço para que haja aquisição de aparelhos ultrassom para o funcionamento de novos leitos hospitalares. O valor contratado é de R$ 138 mil.
 
A dispensa de licitação 46/2020 realiza a contratação da empresa Biomedic Comercio Exportação e Importação de Equipamentos Eletronicos Medico Hospitalares para aquisição de ventiladores pulmonares. Valor de  R$ 76 mil.
 
Conforme as informações dispostas no Diário Oficial, todas as contratações foram assinadas pelo prefeito José Carlos Junqueira de Araújo, mais conhecido como Zé do Pátio.
 
Coronavírus
 
A Secretaria de Estado de Saúde (SES) notificou, até a tarde de segunda-feira, 18 casos confirmados de coronavírus em Mato Grosso. Um aumento de 6 casos desde a divulgação da Nota Informativa da última sexta-feira. Os casos confirmados da Covid-19 são em Cuiabá (12), Rondonópolis (3), Nova Monte Verde (1) e Várzea Grande (2). 
 

4 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • h
    01 Abr 2020 às 09:31

    So nao falam quanto custou cada teste ou cada eqipamento

  • garastazul@bol.com.br
    01 Abr 2020 às 07:59

    Ao redator da matéria... quando colocar esse tipo de materia... coloca o valor unitario do produto..... que ai qualquer bobo chechera.... consegue consultar e saber se tem malandragem ou não. pq esse tipo de materia e so levanta suspeita...... mais não quer dizer nada.

  • Peninha
    31 Mar 2020 às 21:38

    O MP deve ficar de olho nesse povo. Pelo amor de Deus. Será que existe demanda pra tanto.

  • Raimundo
    31 Mar 2020 às 19:32

    Comprou sabão para o hospital?