Olhar Direto

Terça-feira, 26 de maio de 2020

Notícias / Política MT

Lúdio critica valor oferecido a profissionais da saúde no combate à pandemia: 'desrespeitoso'

Da Redação - Max Aguiar

05 Abr 2020 - 11:08

Foto: Rogério Florentino - Olhar Direto

Lúdio critica valor oferecido a profissionais da saúde no combate à pandemia: 'desrespeitoso'
O deputado estadual Lúdio Cabral (PT) criticou veementemente a postura do governador Mauro Mendes (DEM) e a Secretaria de Saúde pelos valores que deverão ser pagos aos profissionais que serão contratados para trabalhar no Estado durante o período de pandemia do novo coronavírus. 

Leia mais:
Deputados acusam governador de agir com desrespeito por não renovar contrato e não pagar professores
Coren-MT pede revisão de valores de plantões em seletivo para profissionais contra Covid-19

Para o parlamentar oposicionista, apenas o valor pago aos médicos está condizente com o que realmente vale por plantão, porém o que é oferecido para maqueiros, enfermeiros, técnicos de enfermagem e outros, é totalmente vergonhoso. A base do comentário do parlamentar é o edital publicado recentemente para as contratações emergenciais. 

"Nós sabemos que a rede de saúde terá que ampliar seu quadro para cuidar da pandemia. Então o Governo lançou edital para contratar esses profissionais. É necessária essas contratações, mas a remuneração é desrespeitosa. Tirando os médicos, que ganharão R$ 1.500 por plantão, o restante do que é oferecido é desrespeitoso",  reclamou o deputado. 

A fala do deputado durante a sessão na última semana na Assembleia Legislativa ainda expõe os valores que deverão ser pagos, ou que pelo menos foram colocados no edital de contratação dos profissionais que irão atuar em hospitais regionais, Santa Casa, Metropolitano e Júlio Muller. 

"Não tem sentido pagar o enfermeiro para um plantão de 12h R$300, um psicólogo R$257, fisioterapeuta R$265, assistente social R$240, o técnico de enfermagem R$162, teéc de laboratório R$137 e para o maqueiro R$112. Esses profissionais de nível médio se for trabalhar 24h por semana eles terão a remuneração de menos de um salario mínimo. Os de nível superior receberá menos de 2 salários minímo. Então o Estado precisa rever os valores desse edital", ponderou o deputado oposicionista.

Lúdio ainda critica o governador por agradecer e aplaudir os trabalhadores da Saúde em sua fala aos jornalistas, mas na prática oferece valores que não condizem com o momento. "Se for pra bater palminha e pagar isso, não tem sentido contratar. O momento expõe os profissionais da linha de frente a um grande risco de contaminação e o senhor governador Mauro Mendes oferece uma remuneração que não condiz com o que acontece nesse momento de pandemia", concluiu o deputado.

Outro lado

A reportagem do Olhar Direto entrou em contato com a assessoria da Secretaria de Saúde e foi informado que a Pasta não irá responder sobre o assunto. "Após consulta a área técnica, a assessoria de comunicação da SES-MT informa que, no momento, não se pronunciará sobre este assunto".

21 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • joana
    06 Abr 2020 às 20:54

    porque o senhor não vai trabalhar em hospitais e deixa a AL por um tempo?

  • Jose
    06 Abr 2020 às 15:23

    E seu Ludio e Salarios de voces que trabalham pouco esta muito baixo tambem?

  • Chirrão
    06 Abr 2020 às 12:15

    Outras categorias conquistaram a jornada de 30 horas..A ENFERMAGEM ESTA HÁ 20 ANOS COBRANDO E NADA !!30 horas pra ENFERMAGEM JÁ !

  • PAGADOR DE IMPOSTOS SEM RETORNO
    06 Abr 2020 às 11:47

    CLARO O PT PMDB E PSDB E CONGRESSO CONSTRUIRAM ESTADIOS PARA A COPA E PARA AS OLIMPIADAS QUE NOS CUSTAM O TRIPO ROUBARAM BILHÕES A CONTA CHEGOU SEM HOSPITAIS SEM VERBAS O POVO ESTÁ JOGADO A SORTE MUITOS NÃO VÃO SOBREVIVER QUEM APOIOU E AINDA DEFENDE SE IGUALAM A ELES

  • Jo
    06 Abr 2020 às 08:01

    Lendo os comentários vejo que há dois vírus circulando covid19 bovid 17. Besta raleia mas num caba.

  • areal
    05 Abr 2020 às 20:27

    Os conselhos que são verdadeiros cabides de emprego pagam em média 5.000 reais para os caras se reunirem 1 vez no mês...quando se reúnem.. Não tratam nada é somente pra inglês ver ...tem secretário como o Basílio que tem nome em dois conselhos .. é uma vergonha isso ..olha a diferença

  • DELCIO JANKE
    05 Abr 2020 às 17:54

    Tentaram com a Amazônia em chamas, com a Marielle, com o porteiro do condomínio, com a avó da Michele, com a moça da banquinha de açaí, com o óleo venezuelano, com os palestinos, com o Queiroz, com a Joyce, com o Mácron, com o papa, com a China, com o Intercept, com os robôs do WhatsApp, com o Maia, com a Globo, com o Alcolumbre, com o STF, com a imprensa, com os governadores do nordeste, com o Witzel, com o Doria, com o Caiado, com o Centrão, com os filhos, com o Bebiano, com os militares, com o relacionamento desgastado com os ministros, com os milicianos, etc etc etc... Ou seja, a crise atual nada tem a ver com o COVID 19 e as estratégias para combatê-lo. Eles querem é derrubar o presidente pois com ele no poder Executivo ninguém mais consegue roubar o Brasil. Entendeu ou quer que desenhe? (Autoria desconhecida)

  • Paulo
    05 Abr 2020 às 15:34

    Eu já sabia esse governador e uma piada, três anos vão passar rápido, vamos lembrar dele e desses politiqueiros

  • Ralf
    05 Abr 2020 às 15:00

    Eu ainda acho desperdício gastar dinheiro com saúde. Devemos fazer o que o governo do PT fez quando esteve no poder. Investir em estádio de futebol. É isso que o povo quer, estádios modernos padrão FIFA. Futebol é paixão, hospital é caixão. Queremos mais estádios e parques olímpicos.

  • JUSTO VERISSÍMO
    05 Abr 2020 às 14:45

    Complementa a diferença com seu salário, fazer proposta em diminuir seus salários deputado nada.

Sitevip Internet