Olhar Direto

Notícias / Picante

Relações abaladas

Weintraub acusa maior parceiro comercial do Brasil de esconder gravidade do COVID-19 para vender respiradores

Da Redação

06 Abr 2020 - 14:31

Foto: Marcelo Camargo / Ag. Brasil

Relações abaladas
O ministro da educação, Abraham Weintraub, fez uma postagem em suas redes sociais insinuando que a China – maior parceiro comercial do Brasil – teria escondido a gravidade do coronavírus (covid-19) para vender respiradores a preços mais altos. Ele foi criticado pela embaixada do país, mas logo negou ter sido racista, e ainda disse que só pediria desculpas se a China vendesse mil respiradores para o Brasil. No sábado (4), o diretor do ministério chinês de agricultura chegou a dizer que as importações de soja dos Estados Unidos devem crescer, e que muitas pessoas na China estão com medo que a soja do Brasil venha infectada. As relações diplomáticas entre os dois países já começaram a ser abaladas quando o filho do presidente, Eduardo Bolsonaro, culpou a China pelo vírus – também nas redes sociais.

Mais Picantes

Sitevip Internet