Olhar Direto

Quarta-feira, 08 de julho de 2020

Notícias / Política MT

Projeto que aumenta salários de servidores com cargos comissionados é aprovado em segundo turno

Da Redação - Carlos Gustavo Dorileo

14 Mai 2020 - 22:15

Foto: Fablício Rodrigues/AL

Projeto que aumenta salários de servidores com cargos comissionados é aprovado em segundo turno
Em um momento em que todo o país discute métodos de como evitar gastos, por conta da crise econômica e de saúde do coronavírus, a Assembleia Legislativa de Mato Grosso aprovou, em segundo turno, o projeto de autoria de ‘lideranças partidárias’, que estabelece o aumento dos salários dos servidores efetivos do Poder Executivo que ocupam cargos em comissão e em função de confiança, durante sessão extraordinária realizada na noite desta quinta-feira (14).

Leia mais
Veja como cada deputado votou em projeto que aumenta salário de servidores com cargos em comissão


Ao todo, 13 deputados, incluindo o presidente Eduardo Botelho (DEM), que não é obrigado a votar, mas invocou o regimento interno para poder participar da votação, votaram a favor do projeto, que seguirá agora para a sanção do governador Mauro Mendes (DEM). (Veja aqui como cada parlamentar votou).

Os deputados que votaram a favor do aumento bateram na tecla que se todos os cargos comissionados fossem ocupados por servidores de carreira, traria economia ao Estado. Já os parlamentares contrários à matéria questionaram o atual momento e citaram os benefícios que os servidores em cargos de confiança já tem.

O Projeto de Lei Complementar ‘tampão’ entrou na pauta da Assembleia Legislativa nesta semana, para substituir uma mensagem enviada pelo governador Mauro Mendes (DEM), que previa igualmente o aumento dos servidores e que foi retirado de votação no último final de semana, com o argumento de que o próprio chefe do Executivo havia entendido que não é o momento de se falar em aumento, por causa da pandemia do coronavírus.

A mensagem que também prevê o aumento salarial, em alguns casos em até 90% das gratificações para os servidores efetivos que tenham cargo em confiança ou comissionado, foi aprovado em primeiro turno nesta quarta-feira (13), em votação controversa, que houve votos de deputados ausentes, por meio de ligação telefônica e por mensagem de WhatsApp.

Apesar de o projeto ter partido de ‘lideranças partidárias’, é comentado nos bastidores que a sua articulação partiu do governador Mauro Mendes que pediu pressa aos deputados de sua base para que ele fosse aprovado, beneficiando assim os servidores do alto escalão de seu Governo, antes da sanção do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) ao socorro aos estados, aprovado pelo Congresso Nacional, que tem como contrapartida o bloqueio de reajuste salarial aos servidores públicos estaduais, municipais e federais.

Com a aprovação, cargos como o de presidentes de autarquias e fundações, como AGER, Detran, Indea, Intermat, assim como o reitor da Unemat, que hoje recebem R$ 9,3 mil, passam a ter um salário de R$ 18,2 mil.

32 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • mad
    15 Mai 2020 às 13:41

    POR ISSO O PODER EXECUTIVO NÃO AVANÇA COMO DEVERIA, É MUITA INVEJA E OLHO GORDO! JUDICIÁRIO APROVANDO AUXILIO PRA QUEM GANHA 50.000 - MINISTERIO PUBLICO APROVANDO AUXILIO PRA QUEM GANHA 30.000 - TRIBUNAL DE CONTAS APROVANDO VI PRA QUEM GANHA 60.000 E AGORA VOCES DETONANDO SERVIDORES DO EXECUTIVO QUE ESTAO EM CARGOS COMISSIONADOS, UM ABSURDO ISSO, A GRANDE MAIORIA DOS CARGOS COMISSIONADOS É DGA 8 E 6, É NÃO É AUMENTO, É VALORIZAÇÃO PELO ESFORÇO E DEDICAÇÃO AO SERVIÇO PÚBLICO, POR ASSUMIR RESPONSABILIDADES E RECEBER POUCO POR ISSO, BLAIRO MAGGI REDUZIU O VALOR DO DGA, SILVAL DEU MELHORADA MAIS CONTINUAVA BAIXO. E SAIBAM QUE NO TJ, NA AL, TCE E ETC, SERVIDOR QUE ASSUME CARGO COMISSIONADO RECEBE 100% DA COMISSÃO, DIFERENTE DO PODER EXECUTIVO QUE SOMENTE AGORA TEVE UMA MELHORA NESSE PERCENTUAL E MESMO ASSIM É INFERIOR AOS DEMAIS PODERES. VAMOS PARAR DE INVEJA E VÃO TRABALHAR!

  • Carla Barros
    15 Mai 2020 às 13:04

    Acho que muitos não sabem que o Servidor com Cargo comissionado foi impedido de participar da Quarentena. Sim! Não paramos um dia se quer! Tudo isso pra ganhar 600,00 num cargo comissionado e ainda estão fazendo esse bafafa achando q servidor com cargo ganha milhões. Na hora de botar a cara na rua p ir trabalhar, vcs n querem né. Nem sei o que é quarentena.

  • Fino
    15 Mai 2020 às 12:23

    Porque não elaboram projetos para ajudar pais de familias que ficaram desempregados. Ao invés de aumentar para quem está empregado. A solidáriedade ai passou longe.

  • joaquim josé marcondes
    15 Mai 2020 às 12:21

    Realmente uma palhaçada, sou servidor público efetivo há 17 anos, tenho propriedade para falar, servidor não quer se envolver e gestão, querem somente plantão, dinheiro, em bater ponto e ir embora, quando estão em cargo de chefia humilham seus colegas o quanto podem, a maioria só quer poder, status, muitos são incompetentes e quando produzem alguma coisa é com segunda intenções, observa o seguinte, trabalham um ano de boa, no próximo se candidata a cargo politico, ou seja, usa a maquina pública pra se eleger.... pronto falei

  • Professora
    15 Mai 2020 às 12:09

    VERGONHOSO ESSE NOSSO ESTADO. ENQUANTO ISSO DEIXA OS PROFESSORES INTERINOS SEM NADA!!!!! UM ABSURDO

  • Juca
    15 Mai 2020 às 10:37

    Aí é fácil né, sindicalistas, políticos e uma boa parte de funcionários públicos ficarem em suas belas casa gritando para o povo ficar em casa com 600 reais ou nem isso.

  • garcia Siqueira
    15 Mai 2020 às 10:13

    É as cuecas estão ás avessas bandido sendo solto e moradores sendo presos em suas próprias casas . Prefeito manda no governador ( que só sabe aumentar e muito imposto como Icms e dar aumento para seus pares) , presidente que é mandado pelo STF e emparedado pela câmera e senado ( Que são uma aglomeração de bandidos) e nos população que se dane. Depois não quer quê o apoio vem aumentando para fechamento dessas 3 casas ( STF,CÂMERA E SENADO) e convoque novas constituição. No dia que a maquina de gelo parar de sair gelo e jorrar sangue as coisas apruma

  • joaoderondonopolis
    15 Mai 2020 às 10:06

    Esta graça vai durar pouco, tem instituição que já entrando na justiça para anular a aberração do governador e deputados. Aguardem.

  • luiz carlos da cunha junior
    15 Mai 2020 às 09:30

    acho o cumulo-aumento de salariode VInuma época destas que nem se sabese poderá ser pago o funcionalismo num futuro próximo-so mesmo da cabeça destes políticos-a maior parte deles analfabetos funcuionais-burros ignorantes- que são eleitos pela população - que tbem é conivente com eles- e são exatamente como eles mesmoseleitor igual ao candidato-isso sem contar que tb a maior parte saem la do subúrbioda periferiacom a intenção de ter uma profissão que nunca tiverampq ser politico hoje em dia e uma profissão para roubarreceber propinasfazer conluio-superfaturar preços- amaior parte desses políticos nunca sentou a bunda num banco universitário-sem ter curso superior-os poucos que tem a maior parte é do PTe tentam influenciar a população com essas ideias esquerdistas -bem feito para quem votou neles e elegeram esses candidatos bostas que sempre votam contra os anseios da populaçao

  • Pato rocco
    15 Mai 2020 às 09:28

    Ainda não estão acostumados? Isto é Brasil.

Sitevip Internet