Olhar Direto

Sábado, 19 de setembro de 2020

Notícias / Política MT

Prefeito concede verba extra de até R$ 700 para fiscais que estão trabalhando na pandemia

Da Redação - Max Aguiar

24 Mai 2020 - 14:39

Foto: Reprodução

Prefeito concede verba extra de até R$ 700 para fiscais que estão trabalhando na pandemia
O prefeito Moisés dos Santos (PSDB), do município de Juscimeira (distante 158km de Cuiabá), começará a pagar a partir do próximo salário, uma verba extra aos fiscais da saúde que estão na frente do combate ao coronavírus. 

Leia mais:
Creche é notificada por receber crianças durante pandemia do coronavírus

O valor será em três cotas, sendo uma de R$ 450, outra de R$ 500 e outra de R$ 700. Essa remuneração não será fixa, mas sim durante a pandemia e será destinado exclusivamente aos fiscais. 

"Não será pago aos agentes, enfermeiros e médicos porque eles já possuem adicionais de insalubridade. Essa verba extra é para fiscais, que estão trabalhando em feiras, velórios, comércio, zona rural, de dia e de noite. Ela surge como uma hora extra, mas é apenas para fiscais e em período de pandemia", comentou o prefeito Moisés.

O pagamento terá como base o relatório de trabalho produzido pelos servidores e validado pela Secretaria Municipal de Saúde. Segundo o prefeito, caso seja necessário a pasta terá uma suplementação no orçamento, ou seja, mais verba para o pagamento da verba indenizatória.

Trânsito e casos

A cidade de Juscimeira fica às margens da BR-364, que liga a cidade de Rondonópolis até a capital. O trânsito de caminhões e carreta é constante e uma obra do DNIT está prestes a ser entregue, no máximo em 10 dias, evitando que veículos pesados circulem dentro da cidade. 

O prefeito relatou ao Olhar Direto que durante todo esse período de pandemia, apenas dois casos foram relatados na cidade e são de caminhoneiros, que se infectaram am Canarana, no Araguaia de Mato Grosso. 

"Vamos tirar o trânsito pesado do centro para evitar que nossa população se infecte com o vírus. É um pedido nosso, o DNIT já atendeu, e agora as carretas passarão fora da cidade. No demais, a cidade está bem. Tivemos dois infectados, mas não eram daqui. Mas temos medo porque Jaciara cresceu muito os números em São Pedro da Cipa já teve até morte. Rondonópolis também é um perigo a ser colocado, por isso queremos que o trânsito de carretas seja do lado de fora da cidade", comentou Moisés. 

Fora essas medidas, o prefeito disse que os moradores têm colaborado com as regras e estão cumprindo à risca o que é determinado pelos órgãos da saúde. 

Comentários no Facebook

Sitevip Internet