Olhar Direto

Segunda-feira, 01 de junho de 2020

Notícias / Política MT

Misael Galvão propõe medição de temperatura e tapetes sanitizantes para a volta às aulas em Cuiabá

Da Redação - Érika Oliveira

22 Mai 2020 - 14:50

Foto: Assessoria

Misael Galvão propõe medição de temperatura e tapetes sanitizantes para a volta às aulas em Cuiabá
O presidente da Câmara de Cuiabá, vereador Misael Galvão (PTB), apresentou um projeto de lei com medidas sanitárias e de distanciamento analisando a retomada das aulas na rede cuiabana de educação. A proposta prevê que toda pessoa pessoa que entrar no estabelecimento de ensino tenha a temperatura medida e que tapetes sanitizantes também sejam instalados nas unidades escolares.
 
Leia mais:
Com avanço do coronavírus, prefeitura prorroga para junho retorno às aulas em Cuiabá
 
“Desde agora, torna-se necessário o planejamento do retorno às aulas de forma presencial. Estamos falando de uma nova normalidade que vai requerer constantes cuidados por parte do poder público com a nossa comunidade escolar. E cabe ao parlamento cuiabano auxiliar na discussão e encaminhamento deste importante tema”, justificou Galvão.
 
Misael cobrou, ainda, que o prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) antecipe a discussão em torno deste assunto. As aulas em Cuiabá estão suspensas desde o dia 23 de março e devem permanecer assim pelo menos até o dia 14 de junho, conforme decreto da Prefeitura.
 
De acordo com a Secretaria de Educação, a rede municipal atende um total de 54 mil alunos, distribuídos em 164 unidades. Neste período de paralisação, a Prefeitura está ofertando aos estudantes aulas via televisão aberta e atividades pela internet, WhatsApp e mensagem de texto (SMS). As apresentações são exibidas pela TV Mais (17.1), afiliada da TV Cultura.
 
O projeto de Misael defende, entre outras medidas, o uso de termômetros infravermelhos para realizar a aferição de temperatura de todas as pessoas que entrarem nos estabelecimentos de ensino, mantendo a distância mínima de um metro entre as pessoas que serão aferidas. As pessoas que apresentarem temperatura superior a 37,5ºC deverão ser encaminhadas para uma sala de isolamento dentro da rede de ensino, até que possam receber atendimento e orientação adequados.
 
O projeto prevê, ainda, o uso de álcool em gel na higienização das mãos e a instalação de tapetes tipo capacho pedilúvio sanitizante, para que todas as pessoas façam a descontaminação dos solados dos calçados, observando ainda a limpeza e a desinfecção dos mesmos com uma mistura de água com cloreto de benzalcônio.
 
 

13 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Christian L.
    24 Mai 2020 às 06:11

    A maioria das domésticas de Cuiabá perderam o emprego pois não tem mais com quem deixar os filhos, com o fechamento das creches e escolas. Já está provado que as crianças são menos susceptíveis ao vírus.

  • Kíssila
    23 Mai 2020 às 15:12

    Vai lá, faz igual a Sinop, volta às aulas e infecta professores e familiares. E depois suspende.

  • Patricia
    23 Mai 2020 às 09:18

    Pessoa sem noção como essa está pra existir!!! Tem cada projeto que só orando!!!

  • Raimundo
    23 Mai 2020 às 08:08

    invista em tecnologia seu chucro, que pai ou mãe irá querer brincar de roleta russa com a saúde de seus filhos ? Você vereador é uma vergonha pública, sem coerência, sem didática de gestão ou rumo a ser seguido. Fale por você, nunca pela vida de outros, você é a síntese de uma casa legislativa denominada de horror. As eleições estão por vir, gestor feito o senhor não faz falta em ambiente algum.

  • Ronei Duarte
    23 Mai 2020 às 02:35

    Parabéns!, Excelente projeto para 2021.

  • Arruda
    22 Mai 2020 às 21:39

    Loucuras, meu filho não vai a aula

  • Péricles Rua pedra preta
    22 Mai 2020 às 19:51

    Proponha dedetização CÂMARA de vereadores. Porem não sobrará ninguém.

  • Zé do Buteco
    22 Mai 2020 às 19:30

    Será que não tem um muambeiro querendo faturar com vendas de tapetes sanitizantes?

  • dirce
    22 Mai 2020 às 18:13

    Vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros. Queira por favor refazer seu comentário e reenviá-lo.

  • Leny
    22 Mai 2020 às 17:38

    Voltar as aulas so vai fazer o vírus se alastrar.

Sitevip Internet