Olhar Direto

Notícias / Política MT

“Não temos como correr atrás das pessoas para testar”, diz Mauro Mendes sobre subnotificação

Da Redação - Vinicius Mendes

24 Mai 2020 - 14:56

Foto: Mayke Toscano/Secom-MT

“Não temos como correr atrás das pessoas para testar”, diz Mauro Mendes sobre subnotificação
O governador Mauro Mendes afirmou que a subnotificação de casos da Covid-19 também tem acontecido em Mato Grosso. Ele explicou que apenas quem tem procurado o sistema de saúde tem sido testado, mas como a doença pode ser assintomática em alguns casos, nem todos os infectados procuram. O Estado já adquiriu 20 mil testes PCR e 10 mil testes rápidos, mas Mauro disse que a responsabilidade de realização e compra dos testes é, principalmente, dos municípios.

Leia mais:
Mais de 800 mil mato-grossenses estão a mais de 4 horas de distância das UTI’s da Covid-19

Além dos 30 mil testes que o Estado de Mato Grosso já adquiriu, os próprios municípios têm comprado os testes. O Ministério da Saúde tem enviado verba para esta finalidade. O governador disse que o Estado tem realizado testes, mas nos casos de pessoas não testadas por falta de exames, quem deve prestar esclarecimentos é o Município.

"Quem faz atenção primária, quem recepciona o cliente é a Prefeitura. A Santa Casa, por exemplo, é um hospital de referência, mas a porta de entrada é a UPA, a Policlínica. Se a pessoa chegar com sintomas, o Município tem que ter o teste, porque o Ministério da Saúde deu dinheiro pra isso. Mas o Estado tem testes, nós estamos testando nossos profissionais da saúde constantemente, temos 45 laboratório credenciados em 15 municípios. Então, existe uma rede criada no Estado". 

Mauro ainda disse que a situação da subnotificação acontece no mundo todo justamente porque em alguns casos a doença é assintomática. Ele reforça que, para que seja testada, a pessoa que desconfie estar com Covid-19 deve procurar a rede de saúde. 

"A história da subnotificação é real no mundo inteiro, porque tem gente que pega a doença e é assintomático, é uma característica da doença. E se a pessoa não procurou o sistema de saúde, não temos como correr atrás deles para testar. Se tá faltando teste, tem que perguntar para o prefeito, que recebeu dinheiro e não foi pouco. O que falta não é dinheiro, é outra coisa, mas aí é a sociedade que vai julgar".

20 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Rubens Tadeu Reynaud
    08 Jun 2020 às 12:45

    Virou zona como já era previsto. Ninguém sabe mais o que fazer.

  • Antonio marcos de moraes
    26 Mai 2020 às 03:14

    É a conversa pra boi dormir mais criativa até agora.... entregou o hospital de campanha na semana passada, se fosse nas upas éramos encaminhado para o conforto dos seus lares novamente, sem teste e sem atendimento...

  • Eita
    25 Mai 2020 às 21:18

    Mairo para de graça. Uma galera querendo saber se ja teve a doença e não tem como fazer o teste, caríssimo o valor no privado.

  • Andreia
    25 Mai 2020 às 12:16

    Na rede privada, minha irmã ficou com infecção seria de garganta e febre. Mandaram voltar para casa.

  • REIS
    25 Mai 2020 às 09:03

    ACREDITO QUE SERIA NECESSÁRIO TESTAR EM MASSA A POPULAÇÃO. JÁ QUE TEM CASOS ASSINTOMÁTICOS. E POR FIM LOGO NESSA DOENÇA HORROROSA.

  • SHADIA
    25 Mai 2020 às 08:02

    O que adianta dizer que é só ir procurar o sistema de saúde, uma vez que, se caso, você não apresentar sintoma algum você não será testado. Pois a politicagem para ser testado é outra . Ou seja, para ser realizado os testes as pessoas precisam SIM estarem com sintomas. Então governador não venha com conversa fiada que essa não cola.

  • Luiz
    25 Mai 2020 às 07:39

    Disponibiliza para profissionais envolvidos no combate. Esse governador só é bom prós puxa sacos dele...

  • Lampiao
    25 Mai 2020 às 03:31

    Seus bandidos!!!!! Tem que testar a população em massa.!! Voces nao estao fazendo nada pra salvar vidas.. só pensa em.dinheiro dinheiro..

  • Renat
    24 Mai 2020 às 21:24

    Não adianta 30 mil testes, se não faz o teste, ate dia 18/05 Mato Grosso só tinha feito 3926 testes, tenho conhecimento de caso em que deu positivo, a mulher está na uti, dO pronto socorro de Cuiabá, os que conviviam com ela não foi feito nenhum teste, tem dois filhos isolados em casa, mas o.marido está andando pela Rua, alguém da saúde está falhando, e pelos relatos de alguns profissionais da saúde não estão fazendo testes em suspeitos de síndrome respiratória, o governo sabe onde fazer os testes só não testa por que não quer,

  • Salomão
    24 Mai 2020 às 19:19

    Boa noite a todos povo mato grossense Sim o governo falou q não vai correr atrás mas tem o melhor jeito para fazer os teste rápido os melhores pontos rodoviária Cuiabá. Rodoviária Várzea Grande. Terminal CPA . Terminal de Várzea Grande. Aeroporto onde ali passa as maiorias das pessoas ali sim vc e os prefeitos tem q ter um pessoal da saúde com os teste e tbem auxiliando alguns com as doações de máscaras para quem não tem gostaria da resposta dos prefeitos e do Sr governo Mauro Mendes prefeito Emanuel Pinheiro e a prefeita Lucimar e os outro em suas cidades assim já ajuda a chegar em melhores esclarecimentos

Sitevip Internet