Olhar Direto

Quarta-feira, 15 de julho de 2020

Notícias / Cidades

Com cuidados reforçados, construtora opta por seguir com obras em condomínios

Da Redação - Bruna Bom

26 Mai 2020 - 15:18

Foto: Assessoria

Com cuidados reforçados, construtora opta por seguir com obras em condomínios
As obras da construtora MRV seguem acontecendo em seis condomínios residenciais em Cuiabá e Várzea Grande. Em nota, a empresa informou que todos os cuidados reforçados à saúde do trabalhador estão sendo tomados. 

Leia mais:
MRV entrega itens de prevenção para grupo que não parou de trabalhar mesmo com pandemia

A meta da construtora é entregar mais de 2 mil apartamentos nas duas maiores cidades mato-grossenses ainda este ano. Para atingir a meta durante a pandemia, 500 colaboradores estão trabalhando nos canteiros de obras, devidamente equipados para dar continuidade aos serviços com segurança.

Segundo a construtora, diariamente é efetuada a higienização de bebedouros, mesas, refeitório, almoxarifado e das ferramentas utilizadas pelos colaboradores nos canteiros de obras. Sabão, papel toalha e álcool em gel estão sempre disponíveis nos lavatórios. As limpezas são todas registradas a cada vez que são realizadas.

Outra medida adotada pela equipe de obras é a divisão dos trabalhadores nos horários de almoço e intervalos para que o distanciamento social seja respeitado e não ocorram aglomerações. No refeitório, há sinalização nas mesas, bancos e nas filas. Além disso, na entrada das obras, todos os funcionários, prestadores e fornecedores passam pela aferição da temperatura corporal e higienizam as mãos nos lavatórios instalados nas portarias. 

"Nós, da engenharia, estamos acostumados com as frentes de ataque em obras, expressão bastante utilizada em nossa área. Agora, é assegurar os procedimentos de obra junto com o ataque ao vírus. Temos uma demanda habitacional muito grande, que guia nossa atuação. O cliente MRV pode ficar certo de que seguimos trabalhando, com todos os cuidados necessários, enfrentando os desafios impostos pela pandemia", destaca Márcio Galvão, gestor regional da MRV.

A mobilização mantida nos canteiros de obras também é sinônimo de garantia de geração de empregos. Notícia positiva recebida por trabalhadores como Rafael Aparecido de Jesus, auxiliar de almoxarife, que fica satisfeito em poder assegurar o sustento da família nesse momento difícil. "Trabalho há quatro anos na MRV e agradeço, porque é daqui que eu tiro o pão de cada dia. Graças à Deus estou conseguindo pagar minha conta de luz, energia, o sustento da casa. Me sinto protegido, porque estamos nos prevenindo, usando luva, máscara, álcool em gel". 

Informação é prevenção

Junto às mudanças na rotina diária de trabalho, a MRV também está mobilizada na conscientização dos colaboradores que atuam nas obras da construtora. Cartazes com orientações sobre as formas de contágio do novo coronavírus e as medidas de prevenção da COVID-19 estão afixados em vários locais dentro dos canteiros. 

"Estamos também aprendendo a nos adaptar, visto o contexto em que nos encontramos agora, sempre atendendo as determinações do Ministério da Saúde, Ministério da Economia e a Secretaria do Trabalho. É um esforço coletivo, de apoio mútuo, de cuidado com cada colaborador, com cada colega e suas respectivas famílias", afirma Sheila Varaschin, coordenadora de Saúde e Segurança e Meio Ambiente (SSMA).

Sobre a MRV

Ao longo de 40 anos de história transformando a vida de milhares de pessoas por meio da casa própria, a MRV, maior construtora da América Latina, se tornou uma plataforma de soluções habitacionais capaz de fornecer a opção de moradia que melhor se adapte ao momento na vida dos brasileiros, seja  com a aquisição de apartamentos prontos ou na planta, pela  compra de um terreno em loteamentos completamente urbanizados pela Urba, ou mesmo alugando imóveis especialmente pensados, com inúmeros serviços, pela sua startup Luggo, totalmente digital e sem burocracia.

4 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Almeida
    26 Mai 2020 às 21:42

    Não existe cura nem vacina e o virus não está de ferias no brasil, ele chegou e vai ficar, então vamos trabalhar né gente! Higiene deveria ser de berço (para todos nós) mas só nos preocupamos nestas horas, vejo mascaras na rua mais sujas que as botinas, do que adianta? Acordem.

  • Paes
    26 Mai 2020 às 18:35

    Certíssimo! quem pode ficar em casa com a geladeira cheia, não critica quem precisa trabalhar e também empresários que precisa faturar. não tem nada de ganancia e sim necessidade.

  • moreira
    26 Mai 2020 às 18:01

    Parece que a MRV cumpre o papel de manter os trabalhadores empregados e com a segurança que todos merecem. Parabéns! As famílias dos trabalhadores agradecem e a cidade prospera em tempos de crise.

  • Jorge Oyama
    26 Mai 2020 às 16:05

    Capitalistas gananciosos querem lucro. Proletariado que se dane.

Sitevip Internet