Olhar Direto

Notícias / Cidades

Homem se recusa a usar máscara, cospe em funcionários e pacientes de UPA

Da Redação - Fabiana Mendes

03 Jun 2020 - 17:08

Foto: Rogério Florentino / Olhar Direto

Homem se recusa a usar máscara, cospe em funcionários e pacientes de UPA
Um homem, de 53 anos, foi preso depois de recusar o uso de máscara, obrigatório como medida de prevenção ao coronavírus, na noite de terça-feira (2), na Unidade de Pronto Atendimento (UPA), no bairro Santa Clara, em Rondonópolis (a 216 quilômetros de Cuiabá). Ele ainda teria cuspido em funcionários e pacientes do local.

Leia mais:
Secretaria de Saúde em Cáceres entregará "Kit-Covid" se houver prescrição médica

Por volta das 20h45, a equipe da Polícia Militar esteve no local após ser chamada por populares via 190. Testemunhas, entre pacientes e funcionários, relataram que o homem chegou se recusando usar máscara e aguardar o procedimento de desinfecção da recepção da UPA, já que horas antes da chegada do suspeito ao hospital, uma pessoa diagnosticada com Covid-19 havia deixado o local.  

Irritado, o suspeito cuspiu em duas pessoas após os funcionários da unidade orientá-lo a fazer uso da máscara e aguardar o procedimento padrão de higienização. O homem foi imobilizado por um policial plantonista da UPA até a chegada da viatura da PM.

O suspeito foi encaminhado à delegacia para prestar esclarecimentos. Uma equipe do Serviço de Atendimento de Urgência e Emergência (Samu) foi acionado a comparecer até a unidade policial, já que o homem alegava que estava com falta de ar.

1 comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Jailson
    04 Jun 2020 às 10:52

    Ainda bem que existe a violência.

Sitevip Internet