Olhar Direto

Domingo, 20 de setembro de 2020

Notícias / Cidades

Idosos caem no golpe do "oi mãe" pelo Whatsapp e perdem quase R$ 10 mil em transferência para bandidos

Da Redação - Max Aguiar

05 Ago 2020 - 17:44

Foto: Reprodução

Idosos caem no golpe do
Um casal de idosos de Cuiabá foi alvo de uma quadrilha que se passou pela filha da vítima e pediu um depósito, em caráter emergencial, para o pagamento de uma dívida. O valor subtraído chega a quase R$ 10 mil e foi feito abordagem pelo WhatsApp. 

Leia mais:
Pais de jovem dizem que apertaram gatilho e constataram que arma que matou Isabele estava sem munição

A idosa conta que o criminoso a chamou no aplicativo de mensagens dizendo ser sua filha, que é médica. Ele logo pediu que ela fizesse um depósito de R$ 7 mil e depois outros valores. 

"Eu suspeitei que minha filha estava sendo sequestrada. Mas, nem desconfiei de golpe. Depois achei que ela mesmo estava precisando de dinheiro e fiz a transferência", disse a idosa à reportagem do Olhar Direto

Os bandidos conseguiram o número da idosa e começaram o golpe cumprimentando a vítima e dizendo que por problemas na linha telefônica, tinha trocado de número. "Oi mãe. Meu chip deu problema e eu troquei de número. Preciso de um favor", começou o criminoso, disse a idosa. 

Acompanhada de seu esposo, a idosa foi atendida pela delegada Juliana Palhares, na Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO), e lá contou o acontecido. De imediato, a delegada entrou em contato com o criminoso, se passando pela vítima e por incrível que pareça, o golpista ainda satirizou. 

"Tudo que desejar pra mim, vai voltar pra senhora [...] E outra, eu fiz isso é porque eu preciso. Pois tenho quatro filhos pra criar", escreveu o criminoso. O caso aconteceu por volta de 11h30 desta quarta-feira (5). 

A delegada, sabendo do caso, entrou em contato com agências da conta enviada e descobriu que o destino seria alguém da cidade de Goanira, no estado do Goiás. Após a transferência feita, alguém da quadrilha fez o saque na mesma agência que foi feito o depósito. Ou seja, os criminosos já estavam monitorando. 

"A gente sempre orienta e pede muita atenção com esse tipo de golpe. Os criminosos estão cada vez mais audaciosos. Descobrimos que o dinheiro foi sacado e não tem como recuperar, mas vamos intensificar cada vez o combate desse crime, pedindo que os filhos ou responsáveis tenham mais atenção com os seus idosos, explicando pra eles não depositar ou transferir nada, antes de checar ou até acionar a polícia", disse a delegada Juliana Palhares. 

Um boletim de ocorrência foi registrado e o caso será investigado pela Delegacia do Estelionato de Cuiabá. 

Comentários no Facebook

Sitevip Internet