Olhar Direto

Sexta-feira, 25 de setembro de 2020

Notícias / Cidades

Com câncer raro, agente de turismo faz vaquinha para custear exame que é feito nos EUA

Da Redação - Fabiana Mendes

06 Ago 2020 - 09:40

Foto: Reprodução

Com câncer raro, agente de turismo faz vaquinha para custear exame que é feito nos EUA
Aos 40 anos, a agente de turismo Morgana de Arruda Barros desenvolveu um câncer raro no pâncreas, que não é operável. Ela precisa fazer um exame no Texas, nos Estados Unidos, para conseguir um tratamento eficiente. Uma Vaquinha Virtual foi criada para arrecadar R$ 20 mil.

Leia mais:
Fotógrafa denuncia perseguição, assédio e reclama de atendimento em delegacia

Mãe de uma menina de cinco anos, a moradora de Cuiabá contou ao Olhar Direto que os primeiros sintomas da doença surgiram em novembro do ano passado. Foram dores no estômago que também eram sentidas nas costas.

Ela foi submetida a vários exames, mas nenhum constatou a doença. “Me falaram que eu tinha gastrite e comecei tomar todos os remédios. Passado um tempo, as dores amenizaram. Eu viajei de férias, tranquila, acreditando que não tinha nada. Quando voltei, as dores intensificaram”, lembra.

A agente de turismo então procurou o médico novamente no começo deste ano, que recomendou um gastroenterologista. O segundo profissional então descobriu o câncer, que além de estar no pâncreas, estava no peritônio, o que impossibilitava ela de passar por uma cirurgia.

Encaminhada para tratamento com um oncologista, ela passou por 11 sessões de quimioterapia. Recentemente, viajou para São Paulo, onde um especialista recomendou uma investigação através de um exame de genes que causam a mutação das células, e aumentam a enfermidade.

Com este exame, será possível fazer elaborar um tratamento mais eficiente para Morgana. Quem tiver interesse em ajudar na Vaquinha Virtual, basta clicar AQUI.
 

Comentários no Facebook

Sitevip Internet