Olhar Direto

Sábado, 05 de dezembro de 2020

Notícias / Política MT

Câmara arquiva relatório de CPI que pedia afastamento do prefeito

Da Redação - Carlos Gustavo Dorileo

29 Set 2020 - 11:10

Foto: Rogério Florentino/Olhar Direto

Câmara arquiva relatório de CPI que pedia afastamento do prefeito
O pedido de afastamento e a abertura de uma Comissão Processante contra o prefeito de Cuiabá Emanuel Pinheiro (MDB) foi reprovado e arquivado pelos vereadores em sessão extraordinária realizada nesta terça-feira (29). Com a decisão, o prefeito que irá disputar a reeleição continua exercendo o cargo.
 
Leia também
Pesquisa mostra reeleição em qualquer cenário do 2º turno e França como principal adversário
 

A CPI investigava suposta quebra de decoro cometido pelo prefeito enquanto ele exercia o cargo de deputado estadual. No total foram 15 votos pela rejeição do relatório, oito pela manutenção e uma ausência.

Votaram contrário ao relatório os vereadores: Adevair Cabral (PTB), Adilson Levante (PSB), Luciana Zamproni (PTB), Aluisio Leite (PV), Dr. Xavier (PTC), Juca do Guaraná (MDB), Vinicyus Hugueney (SD), Justino Malheiros (PV), Luis Claudio (PP), Marcrean Santos (PP), Mario Nadaf (PV), Orivaldo da Farmácia (PP), Renivaldo Nascimento (PSDB), Ricardo Saad (PSDB) e Toninho de Souza (PSDB).

Já os vereadores Abilio Brunini (Podemos), Diego Guimarães (Cidadania), Dilemário Alencar (Podemos), Felipe Wellaton (Cidadania), Lilo Pinheiro (PDT), Marcelo Bussiki (DEM), Sargento Joelson (SD) e Wilson Kero Kero (Podemos) votaram a favor.

O vereador Clebinho Borges (PSD), que fez um mandato de oposição ao prefeito Emanuel Pinheiro, foi a única ausência na sessão.

A nova votação do relatório aconteceu por determinação do juiz 4ª Vara Especializada da Fazenda Pública, Carlos Roberto de Campos, que anulou a sessão em que houve a votação no dia 16 de julho.
 
Sitevip Internet