Olhar Direto

Sexta-feira, 22 de janeiro de 2021

Notícias / Cidades

Construtoras doam kits de prevenção à Covid-19 a instituições de Cuiabá e Várzea Grande

Da Redação - Bruna Bom

26 Nov 2020 - 10:29

Foto: Assessoria

Construtoras doam kits de prevenção à Covid-19 a instituições de Cuiabá e Várzea Grande
Durante ação de educação para prevenção à Covid-19, as construtoras Plaenge e a Vanguard entregaram kits de prevenção ao vírus para nove instituições, localizadas em Cuiabá e Várzea Grande. O kit é composto por máscaras, termômetro digital e cartazes informativos, que vão ajudar as instituições a reforçar informações aos usuários e auxiliar no controle do acesso aos locais.

Leia mais:
Lisca questiona procedimentos contra Covid e diz que hotel de Cuiabá não estava higienizado

Esta não é a primeira ação social realizada pelas empresas durante a pandemia. A Plaenge contribuiu com a campanha "Eu cuido de você, você cuida de mim", do governo do Estado, com a doação de 500 máscaras para uso dos profissionais da área da saúde. O diretor regional da Plaenge, Rogério Fabian, afirma que ajudar a comunidade das cidades onde as empresas atuam é uma oportunidade de cuidar das pessoas e que as construtoras têm a satisfação em realizar ações desse tipo.

"Através dessa ação tivemos a oportunidade de colaborar com a conscientização sobre a doença e alertar sobre a importância dos cuidados para evitar o contágio", comenta ele, ao lembrar que os protocolos de biossegurança são rigorosamente cumpridos na empresa.

Uma das instituições contempladas com a entrega dos kits foi a Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae), de Cuiabá. A coordenadora Pedagógica Eliete Janders disse que a doação ocorreu em boa hora e será importante quando as aulas retornarem, o que está previsto para acontecer em fevereiro. "Ainda não tínhamos um termômetro digital e essa doação veio em uma boa hora. Estaremos mais preparados para receber os alunos com segurança".

A Apae é uma instituição filantrópica com 53 anos de fundação. Possui convênio com as secretarias de educação municipal e estadual e precisa da ajuda de empresas privadas para sua manutenção. Atualmente atende 120 alunos, a partir de um mês de idade até a vida adulta. Por enquanto, as aulas estão sendo realizadas remotamente.

Na Associação Beneficente Ubuntu, que também recebeu o kit, o fundador e atual presidente Lukas Andrade Ferreira, ficou agradecido. A instituição atende mais de 50 famílias da região do bairro Novo Colorado, na Capital, muitas delas formadas por mães solteiras. "O número de crianças atendidas chega a 70. Nesse período de pandemia estamos assistindo essas famílias com a doação de alimentos, pois muitas mulheres trabalhavam com serviços domésticos e perderam suas rendas", afirma.

A associação tem quatro anos de atividade e oferece diferentes serviços às famílias como aulas de reforço escolar, de esportes, música, artesanato. Já realizou alguns mutirões sociais, que beneficiaram mais de 400 pessoas com atendimentos médicos e odontológicos, fisioterapia, nutrição e de advocacia. "São gratuitos. Realizamos bazar, corte de cabelo e oficinas. Acreditamos que 'juntos somos um' e que a união ajuda as pessoas", resume Ferreira.

Outra entidade que fará uso do kit recebido é o Serviço de Atendimento Especializado (SAE), administrado pela prefeitura de Cuiabá. A unidade é referência na Capital em atendimento de pessoas que vivem com HIV/Aids e hepatites virais, com cerca de 5,2 mil pacientes. A coordenadora Leiry Maria Rodrigues, que vive com HIV há 33 anos, afirma que especialmente o termômetro auxiliará na rotina de atendimento no local.

"Usávamos o termômetro manual, que demora a aferir a temperatura e prejudica nesse período de pandemia, quando temos que ter um rigor maior nos acessos à unidade para atendimento. Agora ganhamos mais agilidade. Buscamos melhorias para o SAE e estamos abertos às doações das empresas".

Comentários no Facebook

Sitevip Internet