Olhar Direto

Segunda-feira, 25 de janeiro de 2021

Notícias / Cidades

Vídeos mostram que bandido que matou e estuprou idosa permaneceu duas horas na casa da vítima; veja

Da Redação - Fabiana Mendes

01 Dez 2020 - 17:30

Foto: Reprodução

Vídeos mostram que bandido que matou e estuprou idosa permaneceu duas horas na casa da vítima;  veja
Uma câmera de segurança flagrou o momento que o acusado de estuprar e matar Mirian Ferreira Macedo, de 65 anos, ao lado de seu marido, invade a residência da vítima em Pontes e Lacerda (a 443 quilômetros de Cuiabá), no dia 29 de novembro. Ele permaneceu cerca de duas horas na casa e deixou o local por volta das 19h40.

Leia mais:
Preso, homem confessa ter matado e estuprado idosa na frente do marido vítima de AVC

No primeiro vídeo é possível ver que o homem chega nas proximidades da casa às 16h57. Ele entra na residência pelo portão da frente e fica por cerca de duas horas. Às 19h40, o acusado vai embora. O criminoso foi preso na madrugada desta terça-feira (1).

Segundo as informações da Polícia Militar, a equipe recebeu informações de um homem que estaria realizando tráfico de entorpecentes. Ele foi abordado, mas quando iria receber voz de prisão, tentou fugir, perdeu o equilíbrio e caiu, sendo algemado, com alguma dificuldade, pelos PMs.

Durante a abordagem, ele foi reconhecido por ser suspeito de ter matado e estuprado a idosa na frente do marido. Questionado, ele confessou o crime e disse que o cometeu porque viu a vulnerabilidade da vítima.

Após entrar na casa, o criminoso fechou a porta, levou a vítima até o quarto e cometeu o crime na frente do marido dela, que sofreu um Acidente Vascular Cerebral (AVC) recentemente e está bastante debilitado.

O homem foi reconhecido pelo marido da vítima através de fotografia. Na ocasião, ele estava com uma tornozeleira eletrônica, que está desligada por mais de dois dias. O bandido ainda usou drogas e revirou toda a casa, antes de deixa-la com o celular da idosa.

O acusado possui passagens na Polícia pelos crimes de furto, estelionato e falsidade ideológica.

Veja vídeos: 

Comentários no Facebook

Sitevip Internet