Olhar Direto

Notícias / Política MT

Mendes e Botelho pregam harmonia entre os poderes e governador elogia postura dos deputados na pandemia

Da Redação - Max Aguiar

25 Jan 2021 - 15:51

Foto: Rogério Florentino Pereira/ OD

Mendes e Botelho pregam harmonia entre os poderes e governador elogia postura dos deputados na pandemia
O momento que parecia ser de tensão e possível rota de colisão foi amenizado entre os Poderes Legislativo e Executivo de Mato Grosso. Pelo menos é assim que o governador Mauro Mendes (DEM) e o presidente da Assembleia Legislativa (DEM) classificam a harmonia entre governo e assembleia. Mesmo diante de uma guerra jurídica devido ao veto integral do governador ao PLC-36, que trata sobre a alíquota de isenção dos aposentados e pensionistas. 

Leia mais:
Neri Geller garante a Bolsonaro apoio de 80% da diretoria da FPA a Arthur Lira

Durante o evento de entrega de maquinários para os municípios do estado na última semana, Mauro Mendes aproveitou para rasgar elogios sobre o empenho da Assembleia Legislativa durante esse período de pandemia. 

Segundo Mendes, o elogio aos deputados vem por conta do trabalho feito, apesar das diferenças. Mendes ressalta que a parceria entre Palácio Paiaguás e Poder Legislativo é algo que precisa ser respeitado. 

“Eu tenho que respeitar muito a Assembleia que tem sido muito parceira do governo e não só, do povo. Tudo que nós fizemos não foi só par ao governo, foi para a sociedade, são medidas que recuperaram o estado. Está aí o resultado, éramos quebrados há dois anos atrás e eu não fiz isso sozinho, foi com apoio de servidores, da AL”, disse o governador. 

Polêmica

Quanto ao veto da PLC 36, o governador disse que se a Assembleia Legislativa derrubar o veto, ele vai se pronunciar no momento certo. Agora ele tem outros problemas. 

"Tenho muitos problemas ainda para me pronunciar sobre eles, vamos deixar esse problema para quando acontecer”, disse à imprensa na quinta (21), 24h após ele seguir a recomendação da Procuradoria Geral do Estado e vetar o projeto. 

Na sequência, o governador disse que apesar do respeito que tem pelo parlamento, a Constituição deixa claro que cada Poder precisa saber seu espaço. 

“Eu já falei ao presidente, Botelho, que cada um tem o seu quadrado, cada um tem a sua responsabilidade. A Constituição, que é a maior lei desse país, ela estabelece, claramente, qual é a responsabilidade do Executivo e do Legislativo”, avaliou Mauro.

Comentários no Facebook

Sitevip Internet