Olhar Direto

Terça-feira, 11 de maio de 2021

Notícias | Picante

Cortina de fumaça

A serviço de Bolsonaro, Fávaro não se importa em colocar Mauro Mendes na "linha de tiro"

Foto: Reprodução

Cortina de fumaça
Após tentar de todas as formas atrelar sua imagem à do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) durante a campanha ao Senado em 2020, o agora senador Carlos Fávaro assinou pedido de Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar governadores e prefeitos no combate à pandemia. Fávaro, na verdade, se presta ao papel de ajudar a desviar o foco da CPI, a serviço de Bolsonaro. O interesse do presidente em se livrar da apuração que já era claro, ficou explicitado em ligação divulgada pelo senador Jorge Kajuru (Cidadania). Ao tentar "blindar" o presidente, Fávaro de quebra coloca na "linha de tiro" seu principal aliado na última eleição, o governador Mauro Mendes (DEM). Não é segredo para ninguém que uma das apostas de Bolsonaro para se livrar do desgaste político da pandemia é aumentar a disputa política com os governadores e tentar dividir a culpa pelo desastre brasileiro no enfrentamento à Covid-19. O gesto de Fávaro não significa pouca coisa.

Mais Picantes

Sitevip Internet