Olhar Direto

Quinta-feira, 24 de junho de 2021

Notícias | Política MT

2022 à vista

Reunião de articulação política une Mauro Mendes e representantes do PP e PSD na casa de Paulo Araújo

Foto: Reprodução / Instagram

Reunião na casa de Paulo Araújo na última quinta-feira

Reunião na casa de Paulo Araújo na última quinta-feira

Uma reunião política uniu o governador Mauro Mendes (DEM), o secretário da Casa Civil Mauro Carvalho e representantes do PP e do PSD, na noite da última quinta-feira (7), na casa do deputado estadual Paulo Araújo. Segundo o parlamentar, a ideia foi costurar e ampliar os arcos e coligação e fortalecer o projeto comum de lançar o atual deputado federal Neri Geller ao Senado. Sobre Governo, a discussão ainda é incerta.

Leia também:
Bezerra diz que pode sair a governo se MDB decidir e nega candidatura de Emanuel: ‘quer ser o melhor prefeito’

Segundo o deputado Paulo Araújo, o PP e o PSD são partidos parceiros, e a tendência é continuar desta forma em 2022. De acordo com o parlamentar, o PP deve se fortalecer e eleger três deputados estaduais em 2022 e que há, inclusive, um deputado no mandato que deve se filiar ao partido. O nome, no entanto, ainda não foi revelado.

Em relação à disputa pelo Governo do Estado, quem deve conduzir esta questão para os partidos são o senador Carlos Fávaro (PSD), o ex-ministro Blairo Maggi (PP) e o deputado Neri Geller. “É inegável o alinhamento deles com o Mauro. O governador é amigo do Blairo, apoiou Fávaro ao Senado. O jantar foi lá em casa, mas todos são amigos. Por enquanto, o projeto deste grupo é disputar a senatoria”, afirmou Paulo Araújo.

A reeleição de Mauro Mendes ainda segue como incógnita. O próprio governador, quando questionado, afirma sempre que este é o momento de enfrentar a pandemia e não de adiantar 2022. Segundo Paulo Araújo, o encontro de quinta-feira foi apenas uma construção “Bem tranquilamente, sem atropelar, sem brigar, construindo a aliança”.

Amigo pessoal do prefeito Emanuel Pinheiro (MDB), Paulo Araújo prefere não se comprometer com o projeto de reeleição, pelo menos por enquanto. “Eu gosto do Emanuel, é meu amigo, mas na majoritária temos um combinado que Neri e Blairo farão a condução. Eu vou organizar a chapa de deputado estadual”, afirmou.
Nos bastidores, o que corre é que PSD e PP poderiam indicar um candidato a vice para a chapa de Mauro Mendes (DEM). No entanto, a informação não foi confirmada pelo deputado anfitrião do jantar. Participaram, além dos já citados, o secretário chefe da Casa Civil Mauro Carvalho, a suplente de senadora Margareth Buzzetti (PP).

Comentários no Facebook

Sitevip Internet