Olhar Direto

Sexta-feira, 24 de setembro de 2021

Notícias | Cidades

Confira os documentos

Cuiabá flexibiliza critérios de comprovação de comorbidades e disponibiliza atendimento em UBSs para atender demanda

Foto: Rogério Florentino / Olhar Direto

Cuiabá flexibiliza critérios de comprovação de comorbidades e disponibiliza atendimento em UBSs para atender demanda

ATUALIZADA ÀS 18h - Diante da baixa adesão à vacinação de grupos prioritários com comorbidade — causada pela dificuldade de emissão de laudo médico —, nesta terça-feira (18), a secretária de Saúde de Cuiabá, Ozenira Félix, disse que a pasta flexibilizou alguns critérios para a comprovação de doenças e disponibilizou atendimento em todas as Unidades Básicas de Saúde (UBS) para o atendimento desse tipo de demanda. A declaração foi feita durante a terceira reunião deste ano da Comissão de Saúde, Previdência e Assistência Social da Assembleia Legislativa.

 
Leia também:
Busca por vacinas para pessoas com comorbidades segue abaixo do esperado; dificuldade com laudo médico pode ser fator limitante

“Diante das dificuldades, foi feita a flexibilização de alguns critérios, como incluir receita, atestado médico ou levar uma cópia do prontuário, além do laudo, como comprovação. Também foi disponibilizado atendimento específico em algumas unidades só para atender essa demanda”, disse Félix.

Tendo como temática a discussão da situação e as estratégias do plano de imunização em Mato Grosso, o encontro foi a oportunidade para a secretária apresentar as dificuldades enfrentadas pela pasta em relação às exigências comprobatórias dos portadores de comorbidades que compõem o público definido para receber as vacinas da Pfizer.

Por este motivo, ela destacou que a principal preocupação é quanto ao prazo para utilização dessas vacinas, que é mais curto — o imunizante tem características mais sensíveis, como a baixíssima temperatura de armazenamento. Disse ainda que a adesão desse público está mais baixa, diante da dificuldade com os documentos que mostram a necessidade da imunização diante das comorbidades existentes.

Dificuldade para emissão de laudo

Para a coordenadora da Campanha de Vacinação contra a Covid-19, Valéria de Oliveira, a dificuldade em conseguir um laudo médico que comprove a comorbidade tem interferido na quantidade de pessoas que já tomaram a primeira dose. "Acreditamos que o baixo número de cadastramentos no site esteja ocorrendo porque as pessoas estão tentando conseguir o laudo médico comprovando a comorbidade", comentou a coordenadora por meio de nota. 

A coordenadora afirmou ainda que as pessoas com comorbidades não possuem o hábito de ir ao médico frequentemente e por isso não possuem um laudo já feito. "A pessoa que tem comorbidade tem que frequentar o médico com uma certa rotina ao ano para acompanhar a doença. Mas talvez por questão de cultura, as pessoas não sigam esse hábito de irem ao médico com frequência para, assim, terem um laudo", disse. 

Atendimento em todas as UBSs

Diante dessa situação, segundo informações da assessoria da Secretaria Municipal de Saúde de Cuiabá, foi disponibilizado o atendimento em todas as UBSs para pacientes que necessitem da emissão de laudo médico que comprovem as comorbidades. A pasta disse ainda, que para solicitar este atendimento, a pessoa deve se consultar com o médico, que vai avaliar se esta possui ou não algum tipo de doença, para, assim, emitir um laudo.

Flexibilização de documentos

Para aqueles que estão contemplados pelo grupo de vacinação de comorbidades vigente e estão tendo dificuldade para a emissão de um laudo médico, a secretaria também flexibilizou as formas de comprovação de doenças preexistentes relacionados na lista do município, incluindo outros documentos que podem ser apresentados.

Confira a lista:
  • Receita (emitida há no máximo 180 dias);
  • Atestado médico (emitido há no máximo 180 dias);
  • Cópia de prontuário (emitida há no máximo 180 dias);
  • Laudo médico (emitido há no máximo 180 dias).
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet