Olhar Direto

Domingo, 25 de julho de 2021

Notícias | Política BR

DISPUTA EM 2022

Lula terá palanque em MT mesmo que partido não tenha candidato próprio ao Paiaguás, diz presidente do PT

Foto: Rogério Florentino / Olhar Direto

Lula terá palanque em MT mesmo que partido não tenha candidato próprio ao Paiaguás, diz presidente do PT
Mesmo que não tenha candidatura própria ao governo estadual, o PT garante que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, terá palanque em Mato Grosso, caso seja confirmada sua candidatura à Presidência da República.

Leia também:
Profissionais da educação faltam à vacina e secretária faz apelo: ‘Preocupação com a segurança escolar’

De acordo com o presidente regional da sigla, deputado Valdir Barranco, o líder petista é “candidatíssimo” e apesar da dificuldade do PT vencer em Mato Grosso, a legenda sempre foi bem votada no estado.

“Vamos trabalhar no estado para que Lula tenha seu palanque. Por mais que tenha o agronegócio e o conservadorismo, Lula, Dilma e Haddad foram bem votados, apesar de não ganharem. Um palanque pra ele será muito importante. Será discutido no ano que vem e até lá a gente vai conversando. (Ter candidato próprio) vai depender também dos demais partidos e seus candidatos ao governo. De repente pode surgir um nome que faça o PT decida somar”, disse, durante live do Olhar Direto.

Barranco destaca que Lula tem percorrido o país e se reunido com lideranças políticas e sociais. Além disso, pontua as pesquisas em que o ex-presidente aparece à frente de Jair Bolsonaro (sem partido). Nesse cenário, o deputado afirma que a disputa em 2022 deve polarizar entre os dois nomes.

“Acredito que o Brasil precisa de alguém que estando na presidência demonstrou compromisso com o país e não segregou ninguém, tratando os temas de relevância com o respeito devido. Será uma eleição com outros candidatos, mas o Brasil, desde o processo de redemocratização foi polarizado. Vai ser um processo polarizado e creio que os demais partidos não terão tempo hábil para conseguir emplacar outro nome. Se passou três anos e não conseguiram formar um nome forte para participar, não terão mais tempo pra isso”, pontuou.

Ainda de acordo com Barranco, Lula deve voltar suas atenções a Mato Grosso nos próximos meses para iniciar a formação de seu palanque no estado.

Comentários no Facebook

Sitevip Internet