Olhar Direto

Quarta-feira, 28 de fevereiro de 2024

Notícias | Cidades

MAIS DE R$ 239 MIL INVESTIDOS

Justiça do Trabalho e MPT viabilizam entrega de equipamentos e caminhão para catadores de materiais recicláveis

Foto: TJT-MT

Justiça do Trabalho e MPT viabilizam entrega de equipamentos e caminhão para catadores de materiais recicláveis
A Justiça do Trabalho em Mato Grosso e o Ministério Público do Trabalho destinaram R$ 239 mil reais para fomentar o trabalho de famílias de catadores de materiais recicláveis de Alto Araguaia (421 km de Cuiabá). Com o valor, as instituições adquiriram e entregaram  equipamentos e um caminhão de coleta para a Associação dos Catadores de Materiais Recicláveis (Ascalto). Os recursos são provenientes de condenações/multas por danos morais coletivos ou termos de ajustamento de conduta. 

Leia mais: 
Em noite de entrega de títulos, Mendes promete asfaltar 100% do bairro Osmar Cabral: "não sou homem de conversa fiada"

Além da compra de um caminhão para coleta de recicláveis, as destinações, autorizadas pela Vara do Trabalho de Alto Araguaia, também possibilitaram a compra de equipamento para compor a estrutura da associação como prensas hidráulicas, Equipamentos de Proteção Individual (EPI) e ainda a realização de um curso para que os catadores pudessem constituir a Ascalto.

A Associação foi idealizada pela Prefeitura Municipal e parceiros, para viabilizar trabalho digno aos 20 catadores. "Não sabíamos que poderíamos receber essa ajuda. Foi muito importante porque mostrou que temos o apoio de muita gente e que nosso trabalho é valorizado", comemorou Manuela Maria, uma das catadoras que atua na organização.

Segundo a juíza titular da unidade, Michelle Saliba, a destinação representa uma mudança de paradigma para a sociedade. "O projeto possibilitou a constituição da associação de catadores na região. Agora, esse grupo profissional pode contar com uma qualidade de vida digna saindo dos famigerados lixões e, ao mesmo tempo, auxiliando a sociedade com o desenvolvimento sustentável e coleta de recicláveis que até então não existia no município", explicou.

A Ascalto funciona em um galpão alugado pela Prefeitura às margens da BR- 364, saída para o município de Alto Garças. Para as atividades, o município custeia despesas com combustível e bolsa auxílio no valor de 550 reais por mês.

Durante a rápida cerimônia de entrega da associação e dos equipamentos, os trabalhadores foram beneficiados por outros parceiros do município, como o Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT), que destinou cestas básicas, incluindo itens de limpeza e higiene, além de dois cobertores para cada trabalhador.

Também participaram das entregas, representantes da Assembleia Legislativa, Prefeitura Municipal, vereadores de Alto Araguaia e Prefeitura de Poxoréo.
Entre no nosso canal do WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Assine nossa conta no YouTube, clique aqui
 

Comentários no Facebook

xLuck.bet - Emoção é o nosso jogo!
Sitevip Internet