Olhar Direto

Sábado, 21 de maio de 2022

Notícias | Cidades

Arrastão em Juscimeira

PM recupera SW4 roubada de advogado morto com tiro na cabeça

Foto: Divulgação - PMMT

PM recupera SW4 roubada de advogado morto com tiro na cabeça
A Polícia Militar recuperou uma Toyota SW4 branca, roubada do advogado João Anaides Cabral Neto, na madrugada deste domingo (18), durante uma série de assaltos em propriedades localizadas na zona rural de Juscimeira (163 km de Cuiabá).

Leia também:
Bando faz série de assaltos em propriedades rurais e mata advogado com tiro na cabeça

Segundo boletim de ocorrência, por volta das 7h, uma denúncia anônima informou que o veículo estaria em meio a mata no bairro Jardim Montreal, em Rondonópolis.

Como não havia guincho disponível nem chave para ligar o veículo, a PM entrou em contato com o irmão do advogado para buscar a SW4.

Apesar da localização, nenhum suspeito foi encontrado.

Conforme descrição das vítimas, o bando era composto por uma mulher, um homem de estatura baixa, um homem gordo, outro alto e de olhos esbugalhados e mais um que usava máscara verde e era gago.
 
Latrocínio

Moradores da região de Juscimeira ligaram para a central pedindo socorro. Conforme a denúncia, o bando era composto por seis ou sete pessoas armadas e encapuzadas, que realizaram uma série de crimes.

Ao chegarem no loteamento, a moradora do Rancho Nossa Senhora Guadalupe, G.L.Z ., relatou que os suspeitos invadiram sua propriedade e, além dela, fizeram refém sua tia e mais seis crianças que estavam no local. De lá, levaram R$ 1 mil em dinheiro e uma Hillux branca.

A vítima foi colocada no veículo e seguiu com os bandidos até a Fazenda Flor do Vale, que pertence a seu pai. O idoso contou que o bando anunciou o assalto à sua propriedade e o amarrou dentro de casa. Os suspeitos fugiram do local levando uma camioneta Ford F-350 de cor verde.

Em outra residência, o Rancho Eldorado, o proprietário L.R.S. contou que os bandidos chegaram com os veículos roubados anteriormente e fizeram o advogado e outra vítima refém. Eles foram amarrados e colocados no banheiro.

L.R.S. ainda destacou que durante toda a abordagem os bandidos questionavam se a propriedade era o rancho de “João Zuffo”. Do local, segundo o proprietário, os suspeitos começaram a pegar objetos pessoais, como celulares, correntes e dinheiros. Logo em seguida ouviu o barulho de um disparo de arma de fogo vindo do banheiro.

A vítima que foi amarrada junto a João Anaides contou que um dos criminosos arrombou a porta do banheiro onde estavam amarrados e atirou na cabeça do advogado. Logo após, o atirador e os demais bandidos fugiram do rancho, levando o veículo do morto, uma camionete SW4 branca.

No Rancho Eldorado, os policiais encontraram um revólver calibre 38, com numeração ilegível e seis munições intactas. A primeira vítima, G.L.Z ., reconheceu a arma como sendo de um dos suspeitos.
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet