Olhar Direto

Quinta-feira, 23 de setembro de 2021

Notícias | Política MT

fim da balsa

Mendes promete construir ponte de quase 1km no Araguaia se governador do Tocantins assumir rodovia

Foto: Fablício Rodrigues - ALMT

Mendes promete construir ponte de quase 1km no Araguaia se governador do Tocantins assumir rodovia
Em um dia de festa e que vai entrar para a história da região do Vale do Araguaia, o governador Mauro Mendes (DEM) se comprometeu em realizar uma obra em parceria com o governo do Tocantins, que ligará a famosa Ilha do Bananal, em Formoso do Araguaia, a São Félix do Araguaia (distante 1.200km de Cuiabá), aposentando de vez a balsa que liga vários municípios, com uma ponte de 1km de extensão. 

Leia mais:
Max Russi elogia governador em visita às obras da MT-100: "nunca se fez tanto asfalto"

Conforme entrevista para a imprensa local, na manhã desta quinta-feira (22), em Ribeirãozinho, o governador foi questionado sobre a construção da rodovia, chamada como TO-500 e disse que está por dentro da situação e por isso já entrou em contato com o governador do estado vizinho para poder propor uma parceria. 

Segundo Mendes, se Tocantins fizer a rodovia, ele se compromete em fazer a ponte. "A TO- 500 é uma rodovia importante para Mato Grosso e para o Tocantins. Conversei com governador Mauro Carlesse (PTB), que se ele viabilizar a rodovia, a ponte eu faço. Ou seja, se ele der conta de fazer a rodovia eu faço a ponte e vai interligar a rodovia com a ferrovia que passa pelo Tocantins", disse Mauro. 

A pavimentação de 92 quilômetros entre São Félix do Araguaia e Formoso é um projeto consensual entre o presidente Jair Bolsonaro; o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes Freitas; e os governadores de MT e TO, com amplo apoio político no Congresso, Assembleias Legislativas dos estados diretamente interessados e nas prefeituras e Câmaras Municipais da área de influência da rodovia.

Não somente a classe política defende a Transbananal, mas as lideranças indígenas de Bananal e do Araguaia, também. Em audiência pública do Senado, realizada em outubro, em conjunto com a Assembleia Legislativa de Tocantins, em Gurupi, a população que reside na região manifestou apoio à obra, por entender que ela será benéfica aos povos aldeados em Bananal.

"Seria uma das grandes obras para interligar o Araguaia e toda região. A ponte é uma obra gigantesca, quase 1km, acho que novecentos e poucos metros, mas melhora muito a logísitica", pontuou o governador.

 Transbananal

O nome oficial da rodovia é Transbananal Idjarruri Karajá – TO-500.  Quando pavimentada terá classificação de Linha Verde. Seu projeto é do engenheiro José Rubens Mazzaro, líder da Comissão Pró TO-500, cuja construção é regulamentada por rígidos critérios ambientais.

Além da pavimentação e sinalização, a Transbananal exigirá a construção de muretas e de pontes sobre os rios Javaés, San Rocan, Riozinho, Jaburu e Araguaia diante de São Félix do Araguaia. A ponte sobre o Araguaia terá 2.600 metros de extensão, será estaiada e aposentará a balsa que há décadas faz a travessia do rio, que naquele trecho tem largura que varia de 900 e 1.200 metros dependendo do volume d'água ditado pelas chuvas.

A Transbananal é importante dente da engrenagem da BR-242 entre Tocantins e Mato Grosso. Porém, para a consolidação dessa rota será preciso interligar São Félix do Araguaia a Ribeirão Cascalheira, no rumo Sul. Há duas alternativas para tanto: a pavimentação da BR-242 até a BR-158 e dessa até a vila de Alô Brasil, no município de Bom Jesus do Araguaia e próximo a Ribeirão Cascalheira, ou investir numa trajeto alternativo  pela MT-433/322 cruzando as áreas urbanas de Serra Nova Dourada e Bom Jesus do Araguaia.
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet