Olhar Direto

Segunda-feira, 27 de setembro de 2021

Notícias | Cidades

Egressa da Unemat

Ciclista morre atropelada por caminhonete e motorista foge sem prestar socorro

Foto: Montagem / Olhar Direto

Ciclista morre atropelada por caminhonete e motorista foge sem prestar socorro
A ciclista Kellin Santoni, de 30 anos, morreu no fim da tarde deste domingo (1º) após ser atropelada por uma caminhonete enquanto voltava de uma pedalada no município de Porto dos Gaúchos (671 km de Cuiabá). Vania Blau, amiga de Kellin, também foi atropelada, mas sobreviveu. O motorista fugiu sem prestar socorro.

Leia também:
Guia de turismo morre atropelado em ciclovia que dá acesso ao mirante de Chapada

De acordo com informações iniciais, o corpo de Kellin ficou por cerca de uma hora às margens da rodovia MT-338, a cerca de 4 km da cidade. Durante este período, policiais civis e militares fizeram o isolamento e o controle do local e do trânsito. 

No momento em que foi morta, a ciclista voltava de uma pedalada. Ela tinha ido até o distrito de Novo Paraná acompanhada de Vania Blau, uma amiga que também foi atingida pelo motorista. Vania, porém, sobreviveu e foi levada em estado grave para Juara, onde passou por uma cirurgia.

Luto

Bastante conhecida, além de ciclista, Kellin, que era egressa do curso de pedagogia da Universidade do Estado de Mato Grosso (Unemat), campus de Juara, também era professora e já havia trabalhado em diversos comércios de Porto dos Gaúchos desde a adolescência. Nas redes sociais vários amigos lamentaram a morte prematura de Kellin, que deixa uma filha de 11 anos.

“Não era esse o combinado. E aquele reencontro eu, você e a Bina... Sentirei saudades minha doidinha”, escreveu uma amiga. “Há coisas que a gente custa a acreditar. A morte é algo muito difícil de aceitar. Jesus te receba. Que alegria que você nos transmitia aqui esteja com você ai…” lamentou outra internauta.

Outra morte de ciclista

Na tarde do último sábado (31), o guia de turimo Plínio Riuji, de 37 anos idade, também morreu enquanto pedalava em uma ciclovia de Chapada dos Guimarães. Conforme registro da Polícia Militar (PM), a tragédia foi registrada na ciclovia que dá acesso ao mirante, em frente ao condomínio Villagio.

Segundo ocorrência, o Fiat Uno, de cor cinza, seguia em direção ao mirante, quando colidiu frontalmente com a bicicleta conduzida por Plínio. A vítima foi arremessada para fora da ciclovia. A bicicleta ficou totalmente destruída. O autor do atropelamento também deixou o local sem socorrer a vítima. (Com informações do Porto Notícias)
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet