Olhar Direto

Sábado, 27 de novembro de 2021

Notícias | Cidades

tem 22 passagens

Jornalista envolvida em confusão na Praça Popular cortou rosto de mulher por ciúmes

Foto: Rogério Florentino / Olhar Direto

Jornalista envolvida em confusão na Praça Popular cortou rosto de mulher por ciúmes
A jornalista Nildes Souza, de 37 anos, detida duas vezes na Praça Popular, já foi presa por cortar o rosto de uma mulher motivada por ciúmes. O caso teria sido registrado em agosto deste ano, na cidade de Bom Jesus do Araguaia, onde ela morava antes de vir para a capital de Mato Grosso.

Leia também:
Associação consegue psiquiatra para tratar jornalista detida duas vezes na Praça Popular

De acordo com informações do Programa Olho Vivo, a vítima teve que ser levada para uma unidade de saúde, onde levou dez pontos no rosto. Em relato à Polícia Militar, ela contou que Nildes teria tido uma crise de ciúmes dela depois que um homem apareceu em um estabelecimento comercial onde ambos estavam. Para evitar briga, ela foi para casa, porém, Nildes foi até a residência e cortou o rosto da mulher.

Logo depois, ela fugiu e não foi localizada. Durante confecção do boletim de ocorrência, no entanto, ela teria ido até o Quartel da PM para os procedimentos necessários.

De acordo com a assessoria de imprensa da PM, a jornalista possui 22 ocorrências policiais em seu desfavor, dentre as quais: preservação de direto, ameaça, lesão corporal, perturbação, atrito verbal, constrangimento ilegal, vias de fato e injúria real.

Há relatos extraoficiais de que ela também teria tentado matar o próprio marido, quando esteve casa.
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet